You are here

Zé confirma volta de Everton e Diego, que deve ficar no banco; Conca ainda fora | futebol / times / flamengo

Técnico avalia se entra com camisa 35 de titular contra o Botafogo e lembra condição de jogo afetada pelo período sem atuar. Argentino vai participar de mais um jogo-treino antes do retorno

Zé Ricardo coletiva Flamengo (Foto: Raphael Zarko)Zé Ricardo coletiva Flamengo (Foto: Raphael Zarko)

Zé Ricardo coletiva Flamengo (Foto: Raphael Zarko)

Diego está de volta. Mas Conca ainda não. O mais provável é que o camisa 35 sente no banco contra o Botafogo, mas a espera de mais de 50 dias pelo retorno acabou. Recuperado de uma cirurgia no joelho direito, o jogador está relacionado para o clássico deste domingo, às 11h, em Volta Redonda. Everton também está na lista. Já o argentino ainda vai para mais uma etapa de preparação e fica fora da partida deste fim de semana.

– A gente tem a situação dos três voltando de lesão (Diego, Éverton e Conca). Mas, como programado, vamos manter o que a pensamos. Éverton e Diego disponíveis, Conca, ainda não – disse.

Diego no treino do Flamengo desta sexta-feira (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Diego no treino do Flamengo desta sexta-feira (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Diego no treino do Flamengo desta sexta-feira (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Zé lembrou o longo período parado de Conca, que vai participar de jogo-treino contra o Mesquita na segunda-feira – nessa quinta, ele participou do coletivo contra o time sub-17. Mas a ideia é colocá-lo na ponta dos cascos, com “níveis de força, ritmo de jogo e volume” em dia, como deixou claro o treinador do Flamengo. O argentino está em processo de recondicionamento depois de sofrer uma lesão em agosto de 2016, quando ainda atuava no futebol chinês.

– Há uma programação já estabelescida para ele, de participar de dois ou três amistosos. Ele precisa atingir níveis de jogo, para readquirir ritmo, para estar pronto em totais condições de intensidade e volume para contar com ele no jogo. Fizemos um jogo-treino com a equipe sub-17, depois vamos pegar o Mesquita, se tudo correr bem vai estar em condição de disputar a titularidade. Dentro da meritocracia, ele vai cumprir etapas para voltar – disse o treinador.

Everton no treino do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Everton no treino do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Everton no treino do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O time que deve começar a partida é o mesmo que treinou a maior parte do tempo na quinta, com Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz, Renê; Márcio Araújo, William Arão, Cuéllar; Ederson, Everton e Guerrero. Há oito semanas afastado – o último jogo foi dia 12 de abril, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-PR, no Maracanã, pela Libertadores -, Diego fica como opção.

Confira a íntegra da entrevista coletiva do treinador.

Diego, Conca e Everton
Everton e Diego estão disponíveis, Conca ainda não. Tem programação já estabelecida para Conca participar de dois ou três amistosos. Precisa atingir níveis de jogo, para readquirir ritmo, para estar pronto em totais condições de intensidade e volume para contar com ele no jogo. Fizemos jogo-treino com equipe sub-17, depois vamos ter o Mesquita na segunda-feira. Se tudo correr bem vai estar em condição de disputar titularidade. Dentro da meritocracia que cumprimos vai disputar posição.

Diego titular?
Sabemos que muito provavelmente ele não vai ter condições de suportar todo o tempo, não definimos ainda qual vai ser a estratégia de jogo. Vamos faze o treino apronto de amanhã para definir o que fazer, se ele começa ou não.

Cuéllar mantido e interesse do Vitória
O fato da gente ter todos jogadores disponíveis aumenta a cometitivadade entre eles. Cuéllar vinha em sequência de treino positivo. É um jogador muito profissional, está trabalhando muito. Não sabia do interesse do Vitória antes do jogo. A gente queria ganhar passe longo contra o Atlético-PR, porque sabia que numa inversão poderia pegar dois laterais deles na frente. Mas ainda não sentamos para falar da situação dele. Tanto Rodrigo Caetano como Fred Luz estavam viajando, não tínhamos informação oficial. Mas enquanto estiver aqui, disponível, vai estar atuando.

Qualidade do Botafogo
Não preciso nem falar do equilíbrio e da dificuldade desse jogo. Eles têm jogadores que estão vivendo fase muito boa, como Camilo, Pimpão, Bruno Silva, o Igor Rabelo, que conheço bem e se firmou. O Gatito passa por excelente fase. Jogo muito difícil, com contornos particulares, temos que ser fortes mentalmente.

Ainda a dor da Libertadores
Teríamos um semestre perfeito se tivéssemos passado de fase na Libertadores. Ficamos em primeiro lugar na Primeira Liga. O título Carioca conquistamos com utilização de quase 100% do elenco, classificamos na Copa do Brasil e na Libertadores, que era o principal objetivo, tivemos dificuldades e não conseguimos. Futebol tem dados que não conseguimos explicar. Foram as únicas três derrotas no ano que tivemos. Tivemos um tempo muito abaixo do que a gente esperava em Buenos Aires. Nas outras derrotas tivemos possibilidades de vencer a partida, mas quis o destino que não conseguissemos. A gente tem que esquecer o que passou e tirar os ensinamentos. Mas se me perguntar se eu esperava desenvolvimento maior do time neste momento, respondo que sim. Trabalhamos para isso. Estou no melhor lugar para trabalhar e temos sempre como foco a excelência no trabalho. Temos que ser cobrados sim, com ética e respeito. Não há problema nenhum de haver cobrança, mas temos que focar no que temos de melhorar. É o que interessa daqui para frente.

Declaração de Roger sobre Guerrero
Temos que respeitar as opiniões. A opinião dos outros não temos que ficar contestando o tempo todo. Procuro entender dessa forma. Botafogo e Flamengo têm rivalidade fora de campo, mas dentro há respeito muito grande. No túnel que leva ao jogo nós da comissão técnica temos respeito muito grande. O Jair é um cara por quem torço pela carreira dele. Somos jovens que precisamos nos fortalecer a cada dia. Tem auxiliar nota 10, vários profissionais de alto gabarito. Algumas rivalidades de fora do campo não temos como controlar. Mas vamos nos respeitar muito.

Notícia sobre as contratações
O Rodrigo chegou ontem às 15h, mas não conseguimos conversar. Hoje ele chegou com o treino em andamento, tinha outros compromissos para resolver. Agora que vou ter papo com ele, saber oficialmente de que forma estão a busca pelas contratações. Sei aquilo que está alinhado ou não, mas oficialmente ele não comentou ainda nada. Só comentamos quando for oficial.

Posse de bola x efetividade
Quando se chega num certo nível o desafio é aumentar a qualidade. Estamos buscando estratégias para isso. Temos boa posse de bola, um ataque equilibrado pelos dois lados e pelo meio, mas proporcionalmente à nossa posse de bola poderíamos ter mais ataques, mais finalizações. Estamos buscando certa versatilidade da nossa equipe, é o caminho que queremos, vamos aumentar a pressão para cobrar que cada um faça sua função. Nossa defesa vai sofrer menos. Depois que passa o momento conturbado, temos tudo para acelerar de novo.

Vinicius Junior no banco
Logicamente que não está pronto para começar o jogo. É um menino de 16 anos, mas o que nos deixa mais feliz é que a cada treino está mais à vontade. Tem etapas que precisa cumprir. Ele fala mais com os companheiros, pede a bola, é cobrado. Isso é legal. Tem Guerrero, Damião por perto, jogadores experientes. É uma grande promessa do futebol. Tudo isso que ele está passando vai fazê-lo crescer, ganhar casca, ficar cada vez mais forte. Está mostrando aos poucos que pode começar jogando, mas vai depender de estratégia, de oportunidade, dos treinos, do que corresponder nos jogos com e sem a bola, porque ele também tem funções defensivas. Os indicadores que ele passa são de que está começando a chegar a hora dele começar uma partida. Mas não há como precisar a data.

Renê segue
Exigimos mais do Trauco nesse momento com Diego fora. Ele parou um tempo para se preparar, estava cumprindo funções que não desenvolvia há muito tempo. Isso cria um desgaste a mais, mas, intencionalmente, tiramos ele um pouco, para fazer recuperação e força. Provavelmente vai estar em condições de jogo breve breve. O Renê está relacionado, não vou falar se é titular (risos). É um jogador que chegou bem, com muita força, tem na marcação estatística muito boa.

 (Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

Source

Related posts

Leave a Comment