You are here

Wall Street recua pressionado por energia e setor financeiro | EXAME.com

O índice Dow Jones caiu 0,24%, a 21.029 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,12%, a 2.412 pontos, e o Nasdaq recuou 0,11%, a 6.203 pontos

Por
Reuters

access_time

30 maio 2017, 18h24

Os índices dos Estados Unidos recuaram nesta terça-feira, com o S&P 500 registrando uma pequena queda frente a um patamar recorde, após uma fraqueza nos setores de energia e financeiro ter superado os ganhos nas ações de tecnologia.

O índice Dow Jones caiu 0,24 por cento, a 21.029 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,12 por cento, a 2.412 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,11 por cento, a 6.203 pontos.

O petróleo recuou e manteve o preço do petróleo bruto abaixo da marca de 50 dólares o barril, diante das preocupações de que os cortes de produção pelos grandes exportadores do mundo podem não ser suficientes para diminuir o excesso global, assim como pelos sinais de produção em avanço na Líbia.

O setor de energia recuou 1,31 por cento e registrou o pior desempenho entre os principais setores do S&P 500. A ação da Exxon caiu 0,6 por cento.

As ações financeiras recuaram 0,8 por cento. O papel do JPMorgan caiu 1,7 por cento e do Bank of America perdeu 1,4 por cento — as duas maiores quedas do S&P 500.

O gasto dos consumidores dos Estados Unidos registrou o maior aumento em quatro meses em abril e a inflação mensal se recuperou, apontando para a firme demanda doméstica que poderia permitir ao Federal Reserve, banco central norte-americano, elevar a taxa de juros no próximo mês.

O setor de telecomunicações subiu 1,4 por cento, depois que a MoffettNathanson elevou a avaliação do setor para “neutro” de “underweight”, citando a falta de catalisadores negativos no curto prazo.

Source

Related posts

Leave a Comment