You are here

Volkswagen reduz produção do Gol, que será fabricado apenas em Taubaté | Vale do Paraíba e Região

Modelo deixa de ser produzido em São Bernardo do Campo, no ABC, de onde sairão o novo Polo e o sedã Virtus. Marca também anuncia que Brasil terá 2 novos SUVs.

Volkswagen em Taubaté (Foto: Simone Gonçalves/ G1)Volkswagen em Taubaté (Foto: Simone Gonçalves/ G1)

Volkswagen em Taubaté (Foto: Simone Gonçalves/ G1)

A Volkswagen anunciou nesta quarta-feira (5) que o Gol passará a ser produzido apenas na unidade de Taubaté, a partir do fim deste mês. A fabricação do modelo era compartilhada desde o lançamento do carro, em 1980, com a unidade de São Bernardo do Campo.

A montadora também afirmou que não vai aumentar a produção do Gol em Taubaté, o que significa que a produção total do hatch diminuirá. Será mantida a média de 460 carros por dia. Assim, também não está prevista a abertura de novas vagas na fábrica.

A decisão é reflexo da queda nas vendas do Gol e a atende à necessidade de abrir espaço na unidade no ABC para as linhas do novo Polo e do sedã Virtus. O primeiro chega ao mercado no último trimestre deste ano e o outro tem lançamento previsto para 2018.

Volkswagen Gol passa a ser produzido apenas em Taubaté, SP (Foto: Divulgação)Volkswagen Gol passa a ser produzido apenas em Taubaté, SP (Foto: Divulgação)

Volkswagen Gol passa a ser produzido apenas em Taubaté, SP (Foto: Divulgação)

Sem dar detalhes, o presidente montadora no Brasil, David Powels, disse no evento desta terça, no interior de São Paulo, que entre as apostas para alavancar as vendas da montadora no Brasil estão a chegada de novos modelos ao mercado e tomar mais competitiva a participação no mercado de SUVs.

O G1 informou, em março, que a montadora confirmou ao menos 1 lançamento dessa categoria no país, ainda sem data definida. Nesta terça, Powels disse que serão dois SUVs.

“O Gol continua a ser um modelo muito importante, com papel relevante nas exportações. Com o polo aumenta nosso portfólio para o mercado. Ser líder é importante, mas não é o principal. O objetivo é ter um portfólio relevante para o mercado”, disse o presidente da empresa.

O Gol é o modelo mais exportado pela Volkswagen. O carro teve 26.170 unidades embarcadas de janeiro a abril deste ano, sendo que no mesmo período de 2016 esse número era de 11.503.

Powels afirmou ainda que a Volkswagen passa por um momento de reorganização das atividades nas fábricas do Brasil. Além das unidades de São Bernardo e Taubaté – que produz também o Up! e o Voyage -, a multinacional tem outra em São José dos Pinhais (PR), para as famílias Fox e Golf, e produz motores em São Carlos (SP).

O compacto foi líder de vendas no mercado automotivo até 2013. Ele deixou o posto em 2014, após 27 anos. Na época, superado pelo Palio, da Fiat. Atualmente nenhum deles está entre os três mais populares no Brasil.

Eles foram superados por modelos lançados mais recentemente, como Chevrolet Onix, líder em nos dois últimos anos; o Hyundai HB20, que é vice-líder; e Ford Ka, sendo terceiro colocado).

Desde a última alteração, em 2016, quando ganhou visual atualizado e motor 1.0 de 3 cilindros, o Gol ensaiou uma recuperação nas vendas. Ele está entre os 10 mais vendidos do Brasil, mas distante dos primeiros colocados.

Com a reestilização do Up!, no início do ano, o Gol foi “rebaixado” a modelo de entrada da Volks. Além do reposicionamento na gama da montadora, o compacto deve perder importância com a chegada da nova geração do Polo.

Saiba como será o novo Polo

Volkswagen Polo: conheça a 6ª geração mostrada na Europa

Volkswagen Polo: conheça a 6ª geração mostrada na Europa

Source

Related posts

Leave a Comment