You are here

Vice do Cruzeiro explica motivo da confusão e promete boa recepção à Chape | futebol / times / cruzeiro

Bruno Vicintin coloca “panos quentes” em atrito entre os jogadores e diretorias; domingo, Raposa recebe catarinenses pelo Brasileiro. Em confusão, Diogo Barbosa arremessa copo de água

Clima ficou quente na Arena Condá no duelo entre Chapecoense e Cruzeiro pela Copa do Brasil (Foto: Reprodução)Clima ficou quente na Arena Condá no duelo entre Chapecoense e Cruzeiro pela Copa do Brasil (Foto: Reprodução)

Clima ficou quente na Arena Condá no duelo entre Chapecoense e Cruzeiro pela Copa do Brasil (Foto: Reprodução)

A classificação do Cruzeiro às quartas de final da Copa do Brasil quase termina em pancadaria. Os ânimos ficaram exaltados, nessa quarta-feira, na Arena Condá, após o empate por 0 a 0 com a Chapecoense. O vice-presidente da Raposa, Bruno Vicintin, explicou os motivos da confusão que começou no campo e se estendeu aos vestiários do estádio.

– Aconteceu um fato lamentável. Era uma conversa de um atleta e de uma pessoa da comissão, não falavam de ninguém, reclamavam dos sete minutos de acréscimos que foram exagerados. Infelizmente, o presidente da Chape (Plínio David de Nês, o Maninho) escutou e achou que estavam falando com ele. Foi um mal-entendido muito grande. Nossos jogadores ficaram acuados no vestiário. O importante é que não aconteceu nada, está superado entre as diretorias. Vim ao vestiário da Chape e cumprimentei todos. Muito feliz com a classificação. É isso que fica.

Durante a confusão, a câmera da reportagem do Sportv flagrou (próximo ao tempo 1min25s no vídeo abaixo) o lateral Diogo Barbosa arremessando um copo plástico de água mineral em direção ao lado em que estava pessoas da Chapecoense. Depois do arremesso, o empurra-empurra se intensificou.

Muita confusão após o fim da partida entre Chape,coense e Cruzeiro pela Copa do Brasil

Muita confusão após o fim da partida entre Chape,coense e Cruzeiro pela Copa do Brasil

Entre as principais queixas, os jogadores da Chapecoense reclamaram de um gol anulado de Wellington Paulista (veja no vídeo abaixo) e da suposta “cera” dos jogadores do Cruzeiro. Na visão celeste, o lance questionado pelos donos da casa teria sido falta em Hudson no começo da jogada. Outro gol foi anulado da Chape, mas esse não deixou dúvidas quanto à posição de impedimento de Luiz Otávio.

Não vale! Após bola na área, Wellington Paulista marca, mas jogo está paralisado a 1 do 2º

Não vale! Após bola na área, Wellington Paulista marca, mas jogo está paralisado a 1 do 2º

As consequências piores do entrevero vieram das arquibancadas. Um torcedor acertou o quarto árbitro com um objeto. Evandro Tiago Bender teve o rosto cortado. O agressor teria sido identificado por outros torcedores e até agredido. A atitude selvagem do indíviduo pode causar problemas mais graves à Chapecoense. Diante de tanta confusão, o vice de futebol do Cruzeiro insistiu que os problemas vistos na Arena Condá ficarão rapidamente no passado.

– Uma confusão sem maiores consequências. Todos os nossos atletas saíram. Queixei da porta do nosso vestiário ter sido chutada várias vezes. Somos clubes parceiros. Da parte do Cruzeiro está tudo separado.

Curiosamente, no domingo, Cruzeiro e Chapecoense se enfrentam no Mineirão, agora pelo Campeonato Brasileiro. Os dois times estão nas primeiras posições, ambos com sete pontos, mas com os catarinenses na frente pelo saldo. O Corinthians também está empatado com os dois clubes em número de pontos. Para Vicintin, a oportunidade no fim de semana é mostrar que os atritos estão superados.

– A Chape, como sempre, será bem recebida no Mineirão. Aproveito a oportunidade para o nosso torcedor. Vencemos a batalha hoje e nos classificamos diante de um adversário muito forte.

O resultado no Sul do país garantiu o Cruzeiro nas quartas de final da Copa do Brasil. Na próxima fase, os oito concorrentes saberão os confrontos por meio de sorteio na CBF. Os duelos serão conhecidos na segunda-feira às 11h (de Brasília).

Source

Related posts

Leave a Comment