You are here

Trens do ramal de Belford Roxo seguem com circulação parcial por causa de tiroteios | Rio de Janeiro

Por conta de danos à rede causados pelos tiroteios ocorridos na noite de sábado (12), na favela do Jacarezinho, no Jacaré, na Zona Norte do Rio, os trens do ramal de Belford Roxo seguem com a circulação parcialmente interrompida, na manhã deste domingo (13). Segundo a Supervia, a estrutura da rede perto das estações Jacarezinho e Del Castilho foi atingida e, por medida de segurança e para que sejam feitos os reparos, a circulação dos trens só acontece entre Belford Roxo e Del Castilho.

Desde às 17h45 de sábado, não há partidas de trens da Central do Brasil, do ramal de Belford Roxo. Os passageiros estão sendo informados sobre a circulação por meio do sistema de áudio dos trens e das estações.

Só em 2017, a Supervia já contabiliza 19 ocorrências de policiais – operações e tiroteios entre criminosos – que prejudicaram a circulação dos trens. O ramal Belford Roxo é o mais afetado. Ele precisou ser parcialmente interrompido 15 vezes por causa de tiroteios em áreas perto da linha férrea.

O ramal Saracuruna foi prejudicado três vezes e o ramal Japeri uma vez. A concessionária interrompe a circulação de trens por medida de segurança principalmente para os passageiros e funcionários.

Em nota, a concessionária lamenta que a “insegurança nessas regiões motivem, constantemente, operações policiais que colocam em risco a integridade física e até mesmo a vida de passageiros e funcionários da empresa, além de impactar a locomoção de milhares de pessoas que dependem dos trens do Rio de Janeiro”.

Source

Related posts

Leave a Comment