You are here

título teria significado especial em 2018 “duro”

Inglês ainda espera para ver desenvolvimento da temporada, mas acredita que um título diante de Ferrari e Red Bull teria importância maior

Atual campeão da F1, Lewis Hamilton afirmou que uma nova conquista em 2018 “significaria ainda mais”, já que sua Mercedes está em uma batalha parelha com Ferrari e Red Bull.

Em 2017, Hamilton deixou claro por várias vezes o quão satisfatório seria lutar pelo título contra um piloto de outra equipe após três anos com apenas os representantes da Mercedes no páreo. 

O desafio imposto pela Ferrari e por Sebastian Vettel não impediu que a Mercedes conquistasse seu quarto título consecutivo tanto de pilotos como de equipes – mas, em 2018, as Flechas de Prata vêm enfrentando um desafio ainda maior, já que apenas Ferrari e Red Bull venceram depois de três corridas disputadas.

Questionado pelo Motorsport.com sobre o que significaria para ele levar a melhor em uma batalha parelha com outras duas equipes, Hamilton disse: “Quem sabe o que a temporada espera? Se continuar assim, será muito difícil vencer.”

“Mas, se houver uma oportunidade e terminarmos no topo, significaria ainda mais, já que é uma temporada ainda mais dura que a anterior.”

Hamilton admitiu que seu fim de semana difícil na China enfatizou que a Mercedes não possui o carro mais rápido no momento.

“Isso não mudou minha forma de pensar. Minha meta obviamente é a mesma, mas ficou claro neste fim de semana [de Xangai] que não somos os mais rápidos.”

“Perdemos performance desde Melbourne e talvez ainda mais neste fim de semana. Então, somos a segunda ou terceira equipe mais rápida do momento, então temos de melhorar algumas coisas, mas não é impossível.”

“Acho que o que esta equipe mostrou ao longo dos anos é que somos ótimos em permanecer unidos e permanecer trabalhando. Então, sei que todos aqui [na pista] e na fábrica vão simplesmente continuar se esforçando o máximo possível.”

Hamilton afirmou que está estimulando os membros chave de sua equipe a encontrar melhorias. “Acho que coletamos muita informação nos últimos fins de semana. Então, certamente também estou pressionando James Vowles e James Allison, Niki [Lauda] e Toto [Wolff], tentando encorajá-los.”

“Eles sabem em quais áreas estamos tendo mais dificuldades, então eles podem realmente pressionar esses departamentos ou garantir que temos mais desenvolvimento por vir ou algo do tipo.”

“Temos de manter pressão construtiva nos rapazes, mas eles já estão pressionados, já que querem vencer o tanto quanto nós. É apenas uma batalha, trabalhando como equipe.”

Source

Related posts