You are here

Tite não respeita seus critérios ao ignorar Vanderlei | ESPN FC

Passei a manhã em uma discussão exagerada sobre a não-convocação de Vanderlei por Tite para a seleção, nesta sexta. Claro, há ambientes em que isso é permitido, até propício, só não se pode levar para o pessoal. Por exemplo; neste blog, eu costumo variar, até “cambalear” entre a linha do exagerado, da hipérbole e dá análise séria. Então deixemos claro: daqui para baixo, é apenas sério, não como os 34 elogios feitos a Vanderlei no texto anterior, uma brincadeira (com fundo de verdade).

Tite não convocou Vanderlei e tenho a certeza de que isso é um erro. Claro, posso dar os argumentos estatísticos já apontados aqui no blog, ou mesmo no site da ESPN, que fez o raio-x e descobriu que o goleiro pega 82% dos chutes que vão em seu gol.

Mas vou utilizar apenas o que o próprio Tite falou para mostrar sua incongruência. Mostrar que Tite assume, admite não respeitar seus próprios princípios – ou, ao menos, os princípios públicos – ao ignorar Vanderlei.

Gazeta Press

Gazeta Press

Quando você reclamar que a vida é injusta, lembre-se que este goleiro não está na seleção

Tite é endeusado pro boa parte do público e a mídia, em consequência, opta por não questionar suas escolhas. Algum repórter (e eu peço perdão por não ter registrado quem foi) mudou isso na coletiva desta sexta, ao questionar sobre motivos para a não-convocação do goleiro santista.

Ele, porém, deu uma resposta completamente sem sentido: “O técnico é um ser humano e não exige milagre de outro ser humano. Ele exige performance. Ele tem também a humildade de entender que outras pessoas tem outros conceitos e aprender a respeitar. Tal qual ele respeita e não usa adjetivos contundentes. Respeito todos os profissionais mas não exijo milagre de ninguém”. 

Lembrando que Tite não precisa exigir milagre de ninguém. Mas se milagres não existem, Tite, as defesas de Vanderlei são puro mérito. O que mais ele precisa fazer?

Quais são os “outros conceitos” citados? Achar que Vanderlei é bom o suficiente? Mas, Tite, se você não pensa assim, por que sai pela tangente, não afirma isso com todas as palavras? 

Outra citação de Tite, e esta mais constante, repetida nesta sexta, é a de que “futebol é merecimento e momento”. Se o goleiro da segunda melhor defesa do Brasileiro, jogando com Victor Ferraz e David Braz à sua frente, não merece, quem merece?

Diego Tardelli, que joga contra chineses?

Aliás, fui alvo de xingamentos nas redes por comparar a convocação de Tardelli a de Vanderlei. “Tardelli é goleiro?”, perguntaram. Não, meus caros, a comparação é na fala de Tite: “Merecimento.”

Tite pode ganhar a Copa, pode perder a Copa, e não acho que será por Vanderlei ir ou não, é claro. Mas sim por convicções, por apostas que podem se voltar contra. Ou o fantasma da escalação de Bernard numa semifinal de Copa não ensinou nada a ninguém?

Oi. quer comprar um livro?

Divulgação

Divulgação

Vila Belmiro: 100 Anos, 100 Jogos

Me manda uma mensagem aqui, no Facebook, no Twitter, Instagram, todas as redes linkadas na página principal do blog. É um livro divertido e uma homenagem simples aos 100 anos da Vila. Recomendo (até porque eu escrevi. Se eu mesmo não recomendar, quem irá?).

Source

Related posts

Leave a Comment