You are here

Thammy Miranda fala do cancelamento de peça: ‘Várias Mentiras’


A peça T.R.A.N.S – Terapia de Relacionamento Amorosos Neuróticos Sexuais, estreou no início do mês e caba de ser cancelada. No elenco, Thammy Miranda e sua namorada, Andressa Ferreira. Thammy interpretou um surfista.


Num desabafo em sua página do Facebook, Thammy falou que o que ocorreu não foi falta de público, mas sim, falhas na direção.


“Venho eu aqui falar com vocês, porque artista sempre faz vídeo para divulgar coisas e falar do seu trabalho. Então, nada mais do que nossa obrigação quando dá algo errado a gente dar uma satisfação ao público. Como todo mundo sabe eu comecei a fazer uma peça que chamava Trans. A gente foi convidado pelo Carlos Verahnnay para fazer essa peça no Rio de Janeiro. E enfim, teve várias coisas foram acordadas no começo que depois que a peça estreou nada aconteceu como era combinado. Começou primeiro com falta de pagamentos, com várias mentiras, a gente foi fazer uma participação na Mostra de Tiradentes e ele falou pra gente que seria de graça, para divulgação e depois descobriu que ele ganhou R$ 6 mil com a apresentação da peça. Outra mentira é que ele falou que a Funart, onde a gente tava fazendo a peça, ele ganharia 40% da bilheteria, de tudo que a gente fosse ganhar, que 40% era da Funarte. Inclusive tenho áudios dele falando disso, sendo que a Funarte ganha só 10%. (…) Não sousó eu e a Andressa temos problemas com ele, toda a equipe está com problemas com ele. (…) Em duas semanas de peça, somente a equipe da iluminação. E a projeção, eu paguei com um dinheiro que eu consegui de patrocínio. (…) Estamos fazendo uma ação conjunta, de toda a equipe, contrao Carlos. AInda denegriu minha imagem, fechando algumas presenças VIP minha, cobrando cahê e depois dizia que eu não queria ir. Tenho print de tudo isso. (…) Não foi por falta de público que a peça terminou não. Não foi isso. Foi falta de caráter do Carlos Verahnnay. Deixo minha breve explicação aqui e peço minhas sinceras desculpas por não poder concluir esse trabalho até o fnal, mas passoudo limite do nosso alcance. Faria de graça se a minha equipe estivesse recebendo”, disse Thammy, em vídeo.


Já em sua página do Instagram, o diretor, Carlos Verahnnay, falou sua versão sobre o ocorrido.


“Quero dizer pra vocês que sou uma pessoa de teatro, não estou acostumado com esse tipo de acontecimento, Estou aqui pra esclarecer e me defender de algumas mentiras, maldades feitras feitas pelo Thammy Miranda ao meu respeito. (…) A peça foi abortada por duas pessoas que gostam de confusão e fazem grupos para denegrir a imagem de outras pessoas . Quem é de teatro sabe que as porcentagens podem ser pagas até o fim da temporada. Ainda mais não dando público. Sou uma pessoa de teatro. O Thammy conseguiu um patrocínio e em nenhum momento recebi resposta e sim, mandaram um email pro Thammy dizendo que eu estava não acreditando na palavra dele. Ele pegou um patrocínio de um X valor e nada disso veioà minha mão. As pessoas receberão seus devidos percentuais, agora, dizer que eu enganei a Funarte, que eu falei que era 40%, gente, existem 4 vis de um borderô e a minha produtora é que fazia e planilhava os borderôs. Sabendo que tudo vinha documentada em 10%, acha que eu mentiria sobre isso? No primeiro dia eu fiz uma suposição de que poderia ser 40% e quando vi o contrato, avisei a todos que seriam 10%. a unica coisa que eu queria era que o processo desse certo e que a gente pudesse viajar. (…) Nem Thammy nem Andressa sabem o que é teatro, porque se atrasavam, faltavam a ensaios, faziam tudo meia bomba. É duro fazer teatro, é duro esperar uma bilheteria  a bilheteria não vir. O que eles estão fazendo é muito sério. Dei a oportunidade deles fazerem teatro, qure é uma arte antiga, milenar e eles que acabaram com o espetáculo, eles que desistiram. A peça foi abortada por eles. Eles não foram profissionais”.


Confira as declarações na íntegra nos vídeos abaixo:


 




Source

Related posts

Leave a Comment