You are here

Terra encerra hoje suas atividades. Só será mantido o portal brasileiro.

Portal-TeleSintese-logo-TerraDesde o início da semana circulavam rumores de que o portal Terra encerraria suas atividades em diversos países e que a operação brasileira seria mantida por não se sabe quanto tempo. Notícia publicada hoje pelo jornal espanhol “El País” confirma o que já vinha sendo divulgado por diferentes blogs da área de tecnologia. As 23 horas e 59 minutos o histórico portal do grupo Telefónica sai do ar. Só permanecerá ativo no Brasil.

O portal, com 18 anos e que chegou a ser um dos endereços web mais visitados no início dos anos 2000, vai desativar serviços como notícias, correio eletrônico e chat, segundo anuncia em sua página na internet, na Espanha, nos Estados Unidos e em cinco países da América Latina: Argentina, Chile, Colômbia,, México y Peru. Nesses países a operação do portal já era residual em receita. 90% do faturamento global da companhia, da ordem de 100 milhões de euros, são provenientes da unidade brasileira.

Serão mantidos alguns serviços, como de hospedagem para pequenas empresas e serviços móveis que são prestadores em parceria com as operadoras do grupo Telefónica. O aviso aos usuários do fim da operação diz o seguinte: “Realize o backup de suas mensagens e arquivos e avise seus contados, pois a partir de 1º de julho de 2017 não será possível acessar suas contas, nem tampouco às mensagens arquivadas. A partir desta data, todas as mensagens não estarão mais disponíveis.”

No Brasil

O futuro do Terra no Brasil ainda é uma incógnita. Por meio de sua assessoria, os executivos responsáveis pela operação informam: “A empresa não vai comentar o assunto”. Há boatos de que a operação só não foi fechada pois há contratos em andamento, que teriam que ser respeitados. Mas a solução pode não passar pelo fechamento. E pode vir rápido.

Quem conhece a operação brasileira do Terra entende que não faz sentido acabar com a empresa, pois é um bom negócio. Tem assinantes e tem contratos publicitários. No entanto, observam que devem ocorrer mudanças. Ou uma alteração acionária ou mesmo uma aproximação maior entre o portal e a operadora Vivo. Embora tenham o mesmo controlador, as operações são absolutamente separadas o que, na visão de alguns analistas, não faz mais sentido, já que as operadoras são cada vez mais provedores de serviços e conteúdo. (Com noticiário internacional)

Source

Related posts

Leave a Comment