You are here

Tandara brilha, Osasco atropela o Praia Clube e fatura o tri da Copa do Brasil | vôlei

O Osasco não tomou conhecimento do Praia Clube na final da Copa do Brasil Feminina. Campeã em 2008 e 2014, a equipe paulista faturou o seu terceiro título da competição ao triunfar nesta sexta, em Lages (SC), por 3 sets a 0 (25/17, 25/17 e 25/19), quebrando uma longa invencibilidade do time de Uberlândia, que não perdia desde o dia 6 de outubro de 2017. Assim como na semifinal contra o Sesc/RJ, Tandara foi a principal jogadora do elenco comandado por Luizomar de Moura.

– Nosso desempenho hoje foi um espetáculo. Fizemos tudo o que nos foi pedido. A inversão com a Carol Albuquerque e a Lorense também foi muito importante. Agora é virar a chave para a Superliga – disse Tandara.

Com o título, o Osasco se iguala ao Sesc/RJ como maior vencedor da Copa do Brasil Feminina, que desde 2014 vem sendo realizada anualmente. Vencedor em 2015, o Pinheiros é a outra equipe a ter levantado o caneco do torneio.

Osasco se empolga após ace de Mari Paraíba

O jogo começou equilibrado, com leve predominância do Osasco. Após um erro de Walewska, Fabíola colocou uma bola de segunda no chão, fazendo 7 a 5. Num bloqueio de Tandara, o time paulista abriu três pontos pela primeira vez – 9 a 6. O lance motivou o Osasco, que seguiu dominando. Em um ace, Mari Paraíba marcou 11 a 6, empolgando a torcida. Com Fê Garay e Fabiana bem na rede, o Praia Clube ensaiou uma reação. Só que o ataque do Osasco contava com Tandara, que tratou de conduzir sua equipe à vitória parcial de 25 a 17.

O panorama da partida seguiu o mesmo no segundo set. Com leve vantagem desde o início do período, o time paulista fez 7 a 5 numa pancada de Tandara. Num bloqueio de Angela Leyva, o Osasco marcou 13 a 10. A partir de então, o Paraia Clube passou a cometer erros em sequência. Após ver o rival abrir 18 a 11, o técnico Paulo Coco pediu tempo. Mesmo com a parada, as paulistas continuaram dominando. Em mais um ataque forte de Tandara, o Osasco colocou dez pontos de frente – 21 a 11, encaminhando a vitória no set. Como não poderia deixar de ser, o ponto da vitória na parcial foi marcado por Tandara: 25 a 17.

O terceiro set começou com um bloqueio espetacular de Leyva, o sétimo do Osasco no jogo. Pouco depois, Fabíola levantou para Bia colocar no chão e fazer 6 a 3. O ponto foi a senha para o Praia Clube acordar na partida. Comandado por Fabiana, o time mineiro conseguiu igualar em 7 a 7. O jogo seguiu lá e cá nos minutos seguintes. Numa diagonal pela direita, Fabiana marcou 9 a 9. O Osasco só foi melhorar após as entradas de Lorene e Carol Albuquerque. Com mais variações de jogadas, o time paulista abriu 18 a 12, ficando com a taça na mão. Após o set point obtido por Tandara, Ninkovic colocou a bola no chão, marcando 25 a 19. Era o ponto do título.

Osasco: Fabíola, Ninkovic, Angela Leyva, Mari Paraíba, Bia e Tandara. Líbero: Tássia. Entraram: Lorene, Carol Albuquerque. Ténico: Luizomar de Moura.

Source

Related posts