You are here

SMS diz que 36 mil jovens foram vacinados contra HPV em Salvador no 1º semestre | Bahia

Secretaria espera aumento do número, após alteração na faixa etária do público-alvo.

 Secretaria de saúde de Salvador vacinou quase 36 mil jovens contra o HPV no primeiro semestre de 2017  (Foto: Bruno Concha/Secom Salvador) Secretaria de saúde de Salvador vacinou quase 36 mil jovens contra o HPV no primeiro semestre de 2017  (Foto: Bruno Concha/Secom Salvador)

Secretaria de saúde de Salvador vacinou quase 36 mil jovens contra o HPV no primeiro semestre de 2017 (Foto: Bruno Concha/Secom Salvador)

De 1º de janeiro a 28 de junho deste ano, cerca de 36 mil crianças e adolescentes, com idades entre 9 e 14 anos, receberam a primeira dose da vacina contra o HPV (Papilomavírus Humano) em Salvador. A informação é da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta quinta-feira (29).

Conforme a pasta, ao menos 17 mil meninos e 18 mil meninas receberam a vacina na capital baiana. Apesar da Secretaria considera o número significativo, a procura pela imunização ainda é considerada baixa. Contudo, o órgão espera atrair maior interesse da população após a deteminação do Ministério da Saúde, que passou a considerar como público-alvo da estratégia de vacinação meninos entre 11 e 14 anos e meninas de 9 a 14. Antes disso, meninos e meninas entre 12 e 13 anos participavam da estratégia.

A escolha da faixa de idade tem por base o início da puberdade e leva em consideração a possibilidade potencial da entrada desses jovens na vida sexual. Em Salvador, a vacina faz parte da rotina das unidades de saúde e está disponível em 126 postos da capital durante todo o ano, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A ampliação progressiva da vacinação teve início em 2013 e está prevista para ocorrer até 2020.

O ministério determinou ainda a disponibilidade de vacinas para pessoas que convivem com o HIV/AIDS, com idades entre 9 e 26 anos, cujo reforço deve ocorrer em duas etapas, com intervalo mínimo de seis meses. Para crianças e adolescentes, o reforço deve ser aplicado apenas uma vez, também em período mínimo de seis meses.

Source

Related posts

Leave a Comment