You are here

Sensação do São Paulo defende permanência de Lugano no clube

A indefinição sobre a permanência de Lugano no São Paulo afeta diretamente o elenco, que tem o uruguaio como um dos grandes líderes do vestiário, senão o maior. Dono de uma história irretocável no Tricolor, o zagueiro campeão mundial em 2005 tem vínculo com o clube do Morumbi apenas até o próximo dia 30 de junho, e conversas sobre a renovação de seu contrato ainda não aconteceram. Se depender de Marcinho, “El Dios” seguirá sob os comandos de Rogério Ceni.

Composto em sua maioria por jovens, o elenco são-paulino tem grande respeito por Lugano. Com a decisão de Rogério Ceni em dar mais espaço para os jogadores revelados pelas categorias de base, o zagueiro uruguaio tem como uma de suas funções ser o exemplo para quem está começando a carreira como profissional e, ao que tudo indica, vem fazendo cumprindo bem esse papel.

“A importância dele [Lugano] dentro do nosso grupo hoje é banaca, ele é um líder. Todo mundo tem respeito por ele, ele está sempre ajudando, falando com a gente. Na hora que tem que cobrar, ele cobra. Admiro muito ele, porque mesmo sem jogar ele tem essa liderança”, disse Marcinho.

Aos 36 anos, Lugano entrou em campo apenas sete vezes nesta temporada. A última partida em que atuou foi na vitória sobre o Avaí por 2 a 0, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião o zagueiro uruguaio jogou os 90 minutos e teve um desempenho bastante seguro na defesa.

Embora não seja acionado por Rogério Ceni com certa regularidade, os fatos recentes podem contribuir para a permanência do zagueiro no São Paulo. Com a venda de Lyanco para o Torino, o empréstimo de Breno ao Vasco, além da possível saída de Rodrigo Caio no meio do ano para o futebol europeu, Lugano ganha espaço no elenco. A compra de Luiz Otávio pela Chapecoense também ajuda o uruguaio, já que o Tricolor tinha o zagueiro no radar antes de ser adquirido em definitivo pela equipe catarinense.


Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

Source

Related posts

Leave a Comment