You are here

São Paulo encerra vacinação contra gripe nesta sexta-feira (7) – Notícias

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo encerra nesta sexta-feira (7) a campanha de vacinação contra a gripe. Desde 17 de abril, cerca de 2,9 milhões de pessoas — mais de 82% do público-alvo — já foram imunizadas contra o vírus influenza.

A população prioritária é formada por trabalhadores da saúde (pública e privada), pessoas com 60 anos ou mais, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), crianças entre seis meses e menores de cinco anos, indígenas, pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais (mediante apresentação de carta com pedido do médico), professores das escolas públicas, privadas e população privada de liberdade (presídios e cadeias), funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estejam sob medida socioeducativa. 

Na última fase da campanha de vacinação, foram incluídos também pessoas na faixa etária de 50 a 54 anos, taxistas, motoristas, cobradores e profissionais de transporte rodoviário, policiais civis e militares, bombeiros, carteiros e funcionários do Poupatempo e Defesa Civil, além de agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Nesses casos, o paciente deve apresentar o crachá de identificação na unidade de saúde para receber a dose.

Em nota, a secretaria afirma que o objetivo nesta sexta-feira é alcançar a meta proposta pelo Ministério da Saúde — de imunizar 90% dos grupos prioritários. A vacina protege contra a gripe reduz o risco de complicações respiratórias e de pneumonia. As contraindicações são para pessoas com histórico de reação anafilática prévia ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados, assim como a qualquer outro componente da vacina. Quem apresentou reação grave em doses anteriores da vacina também deve evitar a imunização.

Cristina Shimabukuro, coordenadora da Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa), afirma que o procedimento de vacinação é quase sempre indolor e muito simples. A relação completa dos postos onde a prefeitura paulista aplica os imunizantes pode ser consultada pelo telefone 156.

Leia mais:

Doenças respiratórias e cardíacas requerem atenção especial no inverno

Novo marcador avalia risco de diabete antes de exame mostrar glicose alta

Source

Related posts

Leave a Comment