You are here

Samsung ou Intel? Saiba qual deve ser a maior fabricante de semicondutores do mundo em 2017

E cada vez mais a Samsung se firma não só como uma das mais maiores fabricantes de smartphones do mundo, mas também de outros componentes de hardware como por exemplo os semicondutores, mercado esse no qual a Intel é dominante há 24 anos, desde 1993, quando lançou o primeiro Pentium.

De acordo com previsões da corretora japonesa Nomura Securities, no segundo semestre deste ano (julho a dezembro), a Sammy deve ultrapassar o total acumulado de vendas da companhia americana, lucrando US$ 15 bilhões (em torno de R$ 50 bilhões), 600 milhões de dólares a mais que a concorrente.

A crescente demanda por DRAM e SSDs levou a um aumento do preço, sem contar que o mercado de chips de memória ultrapassou o mercado de CPU”, aponta a publicação.

O crescimento na produção de memórias DRAM em questão se deve a sua utilização cada vez mais comum em computadores pessoais, enquanto os SSDs (discos de estado sólido) estão substituindo as unidades de disco rígido.

Nas estimativas totais do ano inteiro, a fabricante do Galaxy S8/S8 Plus também deve superar a rival norte-americana, alcançando o lucro de US$ 63,6 bilhões (≅ R$ 202 bilhões) contra US$ 60,5 bilhões (≅ R$ 200 bilhões) da Intel. Ou seja, por pouca diferença.

Além de produzir chipsets como o Exynos para as suas linhas de tablets e smartphones, a Samsung também produz componentes para outras empresas concorrentes de mercado. Lembrando que até ano passado a companhia sul-coreana produzia os processadores A10 do iPhone 7.

Source

Related posts

Leave a Comment