You are here

Sampaio Corrêa empata e garante acesso à Série B de 2018

O triunfo no estádio Castelão lotado veio após muito esforço, pois os adversários venderam caro o acesso



por Agência Futebol Interior

São Luís, MA, 23 (AFI) – Depois de conquistar a melhor campanha na fase classificatória da Série C e vencer o Volta Redonda no primeiro jogo das quartas de final, o Sampaio Corrêa empatou por 1 a 1 na tarde deste sábado. O resultado garante a classificação à semifinal e o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro 2018. O triunfo no estádio Castelão lotado veio após muito esforço e emoção. O Volta Redonda vendeu caro o acesso e pressionou o time da casa até o segundo final, literalmente.

Principal objetivo do Sampaio Corrêa na temporada, o acesso foi conquistado, mas a Série C continua. O time encara na semifinal o vencedor do confronto entre Fortaleza e Tupi. O Leão venceu a primeira partida por 2 a 0 em casa e é o favorito para avançar. A segunda partida ocorre ainda neste sábado, às 20h30.

VOLTA REDONDA PRESSIONA
Precisando do resultado, já era claro que o Volta Redonda teria uma postura muito ofensiva desde o começo do jogo. O time, porém, conseguiu fazer mais e dominou parte do jogo com muita pressão. Aos 13 minutos, boa arrancada pela esquerda resultou em cruzamento que passou por toda a zaga. Luã Lúcio chegou para completar como podia, mas não conseguiu finalizar muito bem.

O Sampaio Corrêa, quando estava com a posse de bola, tentava administrar o ritmo do jogo trocando passes curtos. Mas a equipe não ficava apenas nisso e aproveitou bem os espaços dos adversários nos contra-ataques. Aos 15 minutos, Daniel chutou na pequena área, mas o goleiro estava bem posicionado e apenas fez a parede e jogou a bola para escanteio.

Sampaio Corrêa empata com Volta Redonda e garante acesso à Série B de 2018

Sampaio Corrêa empata com Volta Redonda e garante acesso à Série B de 2018

APESAR DO PLACAR, JOGO MUITO MOVIMENTADO
A partir dos 20 minutos, o Volta Redonda seguiu tomando as principais iniciativas com o risco de deixar espaços na zaga. Aos 21 minutos, após cobrança de escanteio, a bola passou pelo goleiro, mas ninguém completou.

Aos 32 minutos, foi a vez do Sampaio chegar com muito perigo ainda na primeira etapa. Felipe Marques foi mais rápido do que a zaga e ficou cara a cara com o goleiro. Na hora do chute, apesar de forte, foi mais alto do que o imaginado, perdendo excelente oportunidade.

VOLTA REDONDA CONTRA O TEMPO
Na volta do intervalo, o Volta Redonda ficou ainda mais pressionado e começou a jogar contra o tempo. O cenário do jogo continuou igual: o Voltaço buscava mais o jogo, mas deixava espaços na marcação, que eram muito bem aproveitados pelo time da casa. Aos 19 minutos, por exemplo, Felipe Marques, de novo, quase abre o placar, mas a bola foi interceptada pelo zagueiro Luan.

O jogo continuou movimentado, mas o gol não saia. A cada minuto, o time carioca se jogava mais no ataque e foi perdendo a organização. Os espaços, naturalmente já deixados por causa da postura ofensiva, ficaram maiores. O Sampaio Corrêa, tranquilo e com o apoio da torcida, esperava o momento certo para dar o bote e achar o gol que definiria sua situação.

GOLS E MUITA EMOÇÃO NO FIM
Aos 37 minutos, o momento chegou. Em contra-ataque muito rápido, Reginaldo dá passe longo para Marlon disparar pela lateral direita. O jogador deu um lindo passe e deixou Fernando Sobral na cara do gol, que não perdoou e mandou para o fundo da rede.

Quem pensou que o Volta Redonda desistiria, nada disso. Aos 41 minutos, enquanto a torcida já comemorava o acesso à Série B, o zagueiro Luan apareceu na grande área para um escanteio e fez o gol do empate. O gol mudaria novamente o cenário do jogo, que pegou fogo nos momentos finais. Com mais um gol, o Volta Redonda garantiria o acesso. O Sampaio, porém, não segurou o jogo e criou outras oportunidades para matar o jogo, como a de Isac aos 41 minutos.

Com quatro minutos de acréscimos, o Sampaio resolveu usar a experiência e começou a trocar passes do meio-campo para a frente para passar o tempo. Quando a bola chegava na zaga, os jogadores não pensavam duas vezes antes de dar um chutão. Apesar do esforço do Voltaço, com direito ao goleiro ir para a grande área para o escanteio no último lance, o placar continuou igual até o apito final.

Ficha Técnica

Local

Castelão – São Luís (MA)

Árbitro

Leandro Pedro Vuaden – RS

Assistentes

Jose Eduardo Calza – RS e Jorge Eduardo Bernardi – RS

Cartões Amarelos

Sampaio Corrêa-MA: Fernando Sobral

Volta Redonda-RJ: David Batista

Gols

Sampaio Corrêa-MA: Fernando Sobral 37′ 2T

Volta Redonda-RJ: Luan 41′ 2T

Sampaio Corrêa-MA

Andrey;
Luiz Gustavo, Luan, Daniel e Michel Banhami;
Bruno Barra, João Cleriston (Higor Leite), e Marcelo;
Dija Baiano, Luã Lúico e David Batista.

Técnico: Francisco Diá

Volta Redonda-RJ

Alex Alves;
Pedro Costa, Odair Lucas, Maracás;
Esquerdinha, Zaquel, Diego Silva, Fernando Sobral;
Hiltinho (Marlon), Felipe Marques e Isac.

Técnico: Felipe Surian

Source

Related posts

Leave a Comment