You are here

Salvador tem fim de tarde de caos por causa de apagão

Pontos de ônibus lotados, lojas fechadas, estações de metrô esvaziadas e trânsito congestionado. O apagão, que atingiu a Bahia e outros estados das regiões Norte e Nordeste, na tarde desta quarta-feira, 21, transformou o final da tarde da capital baiana em um verdadeiro caos.

A interrupção do fornecimento de energia foi percebida por volta das 15h55 e só começou a ser regularizada a partir das 19h. De acordo com a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), problemas na Usina de Belo Monte teriam motivado o blecaute.

Por causa da falta de luz, a maioria dos estabelecimentos de rua encerrou as atividades mais cedo. Em alguns shopping centers da capital, as atividades foram interrompidas até os geradores serem acionados.

O sistema de transporte público também foi afetado pelo apagão. O metrô teve as atividades suspensas por quase três horas. De acordo com a CCR Metrô Bahia, concessionária que administra e opera o sistema metroviário, todas as estações foram fechadas e evacuadas.

Sem metrô, cresceu a procura pelos coletivos em diversos locais da cidade. O cenário foi de pontos cheios e ônibus lotados. Voltar para casa foi o grande desafio para a maioria das pessoas, como foi o caso da cozinheira Maria Joana, 60.

Ela chegou à estação Brotas do metrô minutos depois do apagão e precisou procurar outro meio para retornar para casa. “Moro em Cajazeiras e iria até a estação Pirajá. Vou ter que me virar para pegar um ônibus, nem que esteja cheio”, disse.

O analista de sistemas Marcelo Mendes, 34, optou por ir a pé. “Moro no bairro do Cabula, vou na paleta mesmo. É a única forma de chegar em casa, pois só passa ônibus lotado”, relatou.

O fim da tarde chegou e o fornecimento ainda não havia sido regularizado. A cidade começava a ficar às escuras e o caos continuava. Ainda esperançosa pelo fim do apagão, a estudante Marisa Santos, 25, estava preocupada em chegar à faculdade em que estuda, na avenida Paralela.

“Estou aflita, hoje tenho que entregar de um trabalho muito importante”, disse a estudante. Logo em seguida, ela recebeu uma mensagem informando que as aulas foram suspensas.

Trânsito

Até quem estava de carro enfrentou transtornos causados pelo grande fluxo de veículos nas principais avenidas de Salvador. Com os semáforos desligados, o trânsito ficou desordenado e congestionado. Agentes da Transalvador orientaram os motoristas nas principais vias da cidade.

O apagão também atingiu os postos de gasolina, onde grandes filas eram formadas por motoristas que aguardavam o retorno da energia para abastecer.

Por volta das 18h30, o fornecimento de energia começou a voltar aos poucos em alguns pontos da capital. A operação do metrô foi restabelecida, de acordo com a CCR, às 19h57, retomando a circulação de 15 trens.

*Sob a supervisão do jornalista Luiz Lasserre


Source

Related posts