You are here

Rui Rio: Não convém ao PS ter-me como adversário – Portugal

Candidato à liderança do PSD está confiante na vitória e recordou que venceu todas as eleições a que se candidatou.



O candidato à presidência do PSD, Rui Rio, não tem dúvidas: o PS não o quer ter como rival nas eleições legislativas de 2019. “Penso que o PS quererá ganhar as eleições e se quer ganhar as eleições não convém que me tenha como adversário”, disse, depois de ter exercido o seu direito de voto na sede do PSD no Porto.

Mais de 70 mil militantes do PSD escolhem, este sábado, o próximo presidente social-democrata e sucessor de Pedro Passos Coelho nas eleições directas disputadas entre Pedro Santana Lopes e Rui Rio. Sobre o rival, o antigo presidente da Câmara do Porto garantiu não ter “qualquer problema com ele”. “Fixemos o que estava ao nosso alcance para não se abrirem feridas e acho que não se abriram por aí além”, considerou. Para o candidato, o PSD “tem condições para ser mais unido”. 

“A disputa ajudou a revitalizar o partido”, defendeu ainda Rui Rio, que se mostrou confiante numa vitória: “tenho ganho todas as eleições a que me candidatei desde os tempos da faculdade, mas quem o vai dizer agora são os militantes.” Caso sai derrotado, diz que o partido poderá contar com ele “como é evidente”.

 O PSD “está em melhores condições do que há dois ou três meses para se relançar”, rematou Rio.

As últimas eleições directas no PSD realizaram-se em 5 de Março de 2016 e representaram a quarta vitória consecutiva de Pedro Passos Coelho e a sua terceira reeleição sem adversários. Em 2016, eram 50.518 os eleitores das directas, votaram 23.422 militantes e Passos Coelho venceu com 95,11% dos votos (22.276).

Source

Related posts