You are here

Rolls-Royce Cullinan chega para ser o SUV mais luxuoso do planeta

Primeiro utilitário esportivo da história da marca britânica é revelado com requintes inéditos

Por
Rodrigo Ribeiro

access_time

10 maio 2018, 15h13

O Cullinan é como se fosse o novo Phantom, mas tamanho GG

O Cullinan é como se fosse o novo Phantom, mas tamanho GG (Divulgação/Rolls-Royce)

Milionários que sempre desejaram ter uma mansão móvel não precisam mais se preocupar. A Rolls-Royce encerrou nesta quinta (10) o mistério em torno do Cullinan, seu primeiro SUV da história.

O utilitário esportivo, feito basicamente para árabes e empresários que ainda não mandaram asfaltar o acesso à sua fazenda, usa a mesma plataforma do novo Phantom.

O design da traseira não é exatamente impressionante. Seu interior, porém…

O design da traseira não é exatamente impressionante. Seu interior, porém… (Divulgação/Rolls-Royce)

O motor é o mesmo V12 6.75 biturbo usado no sedã. O propulsor famoso por sua suavidade gera 571 cv e altos 86,7 mkgf – mais do que suficientes para levar o tijolo britânico a 250 km/h. Isso levando em conta que desempenho não é a prioridade máxima de um Rolls-Royce.

O quadro de instrumentos digital do Cullinan não usa uma tela única e customizável. Pronto, um ponto que o Polo se diferencia de um Rolls-Royce

O quadro de instrumentos digital do Cullinan não usa uma tela única e customizável. Pronto, um ponto que o Polo se diferencia de um Rolls-Royce (Divulgação/Rolls-Royce)

O Cullinan foi projetado para manter o padrão de conforto batizado de “tapete mágico”, característico dos sedãs da marca.

Algo especialmente desafiador em um SUV com enormes 5,34 m de comprimento, 2,16 m de largura e 1,83 m de altura. Para se ter uma ideia, o igualmente requintado Bentley Bentayga é 20 cm mais curto.

A Rolls-Royce até oferece um banco traseiro inteiriço, mas quem vai querer dividir esse espaço com mais dois adultos?

A Rolls-Royce até oferece um banco traseiro inteiriço, mas quem vai querer dividir esse espaço com mais dois adultos? (Divulgação/Rolls-Royce)

O sistema de suspensão a ar foi reprojetado para lidar com as mais de 2,6 toneladas do Cullinan e tem ajustes inéditos na empresa. Quando uma das rodas perde tração, por exemplo, a bolsa de ar daquele ponto se expande para aumentar o contato do pneu com o solo.

Como é padrão nos Rolls-Royce atuais, o Cullinan vem com um jogo de copos de cristal feitos para se encaixar perfeitamente no porta-copos do SUV

Como é padrão nos Rolls-Royce atuais, o Cullinan vem com um jogo de copos de cristal feitos para se encaixar perfeitamente no porta-copos do SUV (Divulgação/)

O espaço interno tem o gigantismo de se esperar daquele que é – até o momento – o SUV mais luxuoso do planeta. Os quase 3,3 metros de entre-eixos permitem que os dois ocupantes dos bancos individuais traseiros (ou três, na versão mais mundana com assento posterior integral) possam tomar champagne nos copos de cristal exclusivos do Cullinan sem chance de aperto.

Como era de se esperar, a Rolls-Royce também desenvolveu soluções para problemas que muita gente nem sabia que existia.

Isso inclui a opção de uma janela de vidro atrás dos bancos traseiros, capaz de isolar a cabine acústica e termicamente do ambiente exterior mesmo quando o porta-malas está aberto.

Os assentos de caça são como a versão de ultra luxo daquela cerveja que muita gente tomou com os amigos sentado no porta-malas do carro

Os assentos de caça são como a versão de ultra luxo daquela cerveja que muita gente tomou com os amigos sentado no porta-malas do carro (Divulgação/Rolls-Royce)

O compartimento de carga, aliás, é outro exemplo de luxo a atacado. Os assentos “de caça”, que são montados sobre a tampa inferior do porta-malas, são abertos e recolhidos eletricamente – dispensando a frugal montagem manual do Range Rover SVAutobiography.

É a primeira vez que um Rolls-Royce ganha banco traseiro rebatível. Agora não tem nada que seu popular tenha que um Cullinan não ofereça

É a primeira vez que um Rolls-Royce ganha banco traseiro rebatível. Agora não tem nada que seu popular tenha que um Cullinan não ofereça (Divulgação/Rolls-Royce)

O volume de 560 litros pode chegar a 1.930 litros com os bancos traseiros rebatíveis – recurso que estreia pela primeira vez em um Rolls-Royce.

Segundo a Rolls-Royce, o Cullinan encara alagamentos com até 54 cm de água. Mas e a coragem pra testar isso?

Segundo a Rolls-Royce, o Cullinan encara alagamentos com até 54 cm de água. Mas e a coragem pra testar isso? (Divulgação/Rolls-Royce)

O motorista que guiará o Cullinan também estará bem servido com o que há de melhor em tecnologias de condução semi autônoma e auxílio à direção.

A suspensão abaixa o carro em 4 cm quando os passageiros se aproximam do Cullinan, para facilitar o acesso

A suspensão abaixa o carro em 4 cm quando os passageiros se aproximam do Cullinan, para facilitar o acesso (Divulgação/Rolls-Royce)

Isso inclui controlador de velocidade adaptativo, sistema de visão noturna e assistente de manobra que simula uma visão em 3D ao redor do carro.

O preço do Rolls-Royce Cullinan na Europa parte de R$ 1,1 milhão, pela cotação do dia 10/05/2018. No Brasil, porém, esse valor certamente quadruplicaria.

Source

Related posts