You are here

Reajuste de servidores custará R$ 8 bilhões em 2018, diz ministro | Economia

Governo estuda adiar entrada em vigor do aumento para reduzir gastos públicos no ano que vem. Dyogo Oliveira, do Planejamento, disse que não há definição sobre a medida.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, informou nesta quinta-feira (27) que será de R$ 8 bilhões o impacto do reajuste salarial dos servidores públicos em 2018.

Nesta semana, o Tesouro Nacional admitiu que o governo pode postergar o aumento dos servidores para tentar atingir a meta fiscal do próximo ano.

Oliveira informou, porém, que a decisão de adiar o reajuste dos servidores públicos ainda não está oficialmente tomada.

“Não há decisão a respeito dessa matéria”, declarou ele. Segundo o ministro do Planejamento, se houver o adiamento a economia vai depender do prazo.

“O efeito depende de quanto tempo de adiamento esteja sendo considerado. Cada um mês é 1/12 [de R$ 8 bilhões]”, explicou ele. Se o reajsute for adiado por seis meses, portanto, a economia seria de R$ 4 bilhões em 2018.

Oliveira lembrou que o governo está na fase de elaboração da proposta de orçamento do ano que vem, que tem de ser encaminhada ao Congresso Nacional até o final de agosto.

Segundo ele, a proposta para o reajuste dos servidores, com um eventual adiamento do prazo, estará na peça orçamentária.

“Várias propostas estão sendo colocadas. Essa possibilidade de reajuste chegou a fazer parte de um desses cenários. Mas não passa disso. Foi com certa supresa que vimos a notícia dessa questão já no sentido de que houvesse uma decisão a respeito disso”, concluiu ele.

Source

Related posts

Leave a Comment