You are here

‘Quero ser pai’, diz Thammy Miranda – Diversão

Thammy Miranda quer ser pai
Divulgação

Rio – Um é pouco, dois é bom, três, normalmente, é demais. Essa é a conclusão a que chegará Rafa (Thammy Miranda), um surfista boa praça que viverá um triângulo amoroso na comédia teatral ‘T.R.A.N.S — Terapia de Relacionamentos Amorosos Neuróticos Sexuais’, que estreia hoje, às 19h, no Teatro Glauce Rocha, no Centro.

“Se eu tive (um triângulo amoroso), nunca fiquei sabendo. Pode ser que tenha acontecido e eu achava que era um casal”, diverte-se Thammy, que aparecerá sem camisa e de cueca em alguns momentos da peça ao lado da noiva, Andressa Ferreira, e Carlos Verahnnay, que também assina o roteiro e a direção.

PEÇA PARA TODOS

Apesar da brincadeira com as iniciais que formam a palavra ‘trans’, a peça é voltada para todos os públicos. “Cada pessoa que passar por lá vai se identificar com alguma situação que tratamos. É uma peça que tem como objetivo tratar de forma descontraída assuntos que vão desde traição e transexualidade a terapia e falta de trabalho. Já temos tantas coisas pesadas acontecendo no país que tentamos falar desses outros assuntos de forma mais leve”, promete.

POUCA BRIGA

No espetáculo, Rafa namora Jéssica (Andressa), não quer saber de emprego e só pensa em sexo e surfar. Nem consultas com terapeuta ajudam. A situação desanda quando chega Gustavo (Verahnnay), amigo do casal, que sem querer, através de suas citações filosóficas, deixa Jéssica caidinha por ele.

“Antes de sermos um casal, somos melhores amigos, conversamos muito, gostamos das mesmas coisas. Não é daquele tipo de relacionamento em que um é baladeiro e outro é tranquilo. Os dois são iguais e brigamos superpouco”, garante Thammy.

Uma das vezes em que brigaram, Thammy e Andressa ficaram “afastados” no fim do ano passado. “Ficamos separados 20 dias, mas nos falamos todos os dias. Mas, atualmente, a gente nem está tendo tempo de brigar. Estamos ensaiando tanto que chegamos em casa tão cansados que nem dá tempo de DR (discutir relacionamento)”, brinca.

CASAMENTO E FILHO

Noivos desde o ano passado, Thammy e Andressa planejam subir ao altar. “Ainda não sei, por enquanto sem previsão”, desconversa, aos risos, o noivo. “Quero ser pai. A gente sonha em ter nossa família. Poderia ser de inseminação, mas não teria problema nenhum em adotar”, frisa.

Leia mais

teste

CARREIRA DE ATOR

Essa é a terceira produção da qual Thammy participa como ator. Ele estreou na TV em ‘Salve Jorge’, novela de Gloria Perez, em 2012, e fez uma participação no filme ‘Copa de Elite’, em 2014. “Essa é a estreia da Andressa como atriz, e ela está superempolgada”, derrete-se, apaixonado. E como é atuar ao lado do seu amor? “Ajuda pelo conforto de você já conhecer a pessoa, mas atrapalha porque não pode levar realidade para o palco, senão não é teatro e vira reality. Não podemos deixar a coisa tão real assim”, explica.

VIDA POLÍTICA

Para o papel, Thammy pegou mais bronzeado e intensificou o trabalho na academia. Além disso, quando não atua, ele é suplente de deputado, em São Paulo, e também presidente do Núcleo da Diversidade do Partido Progressista (PP). Sobre o cenário político atual, o filho de Gretchen fala sobre o fato de o presidente Michel Temer resistir e não renunciar. “Se eu fosse ele, teria tanta vergonha e teria renunciado, por uma questão de honra já teria renunciado. Aliás, por uma questão de honra não teria nem feito o que ele fez”, critica. Se candidataria à presidência da República? “Não. Deixa eu entender melhor como funciona a política. Um passinho de cada vez, é uma responsabilidade muito grande”, afirma.

Para 2018, Thammy tem planos de continuar na política. “Vou me candidatar a deputado federal. Quero poder fazer projetos mais concretos”, diz ele, que mesmo assim não descarta voltar a atuar na TV. Por pouco, não entrou em ‘A Força do Querer’, novela das 21h, de Gloria Perez. Thammy foi convidado para interpretar o personagem Alan — vivido por Raul Gazolla) —, que é o treinador de Jeiza (Paolla Oliveira). Mas por conta de compromissos políticos, não pôde pegar o papel. “Mas eu faria uma participação em ‘A Força do Querer’, se a Gloria Perez quisesse”, avisa, com bom humor.

100% COMPLETO

Há mais ou menos três anos, Thammy sentiu que precisava fazer uma mudança na vida dele. “Não tem um estarte, foi acontecendo de forma crescente. No começo, você não vai entendendo o que está acontecendo. Me reconheci lésbica. Aí, fui vendo que não era isso, que estava faltando alguma coisa. Não é algo programado, a pessoa vai sentindo”, explica ele, que está mais feliz do que nunca. “Me sinto completo. Só tenho a agradecer a Deus cada vez mais por toda a oportunidade de crescer como ser humano e profissionalmente. E cada vez mais só me abre portas para coisas boas”, comemora.

Source

Related posts

Leave a Comment