You are here

PS4 Pro ou Xbox One X? Veja diferenças e semelhanças entre consoles | Jogos

Xbox One X tem clara vantagem nas especificações quando comparado ao PS4 Pro; entenda as diferenças e o que elas significam para você

PS4 Pro vs Xbox One X: qual console tem as melhores especificações e preços? Com a apresentação do Xbox One X, versão mais parruda e completamente revisada do Xbox One, a Microsoft e a Sony inauguram um novo capítulo na disputa pela atenção dos gamers do mundo todo. De um lado, o PS4 Pro, com alguns meses de mercado e vantagens como o PlayStation VR e a força de alguns exclusivos. Do outro, o novo Xbox One X acena com o hardware mais poderoso já aplicado em um videogame e com promessa de jogos rodando a resolução 4K de forma nativa, contra o 4K simulado do PS4 Pro.

Xbox One X: cinco destaques do console da Microsoft

Xbox One X: cinco destaques do console da Microsoft

O Xbox One X tem data de lançamento marcada para 7 de novembro nos Estados Unidos, mas ainda não há previsão de chegar ao Brasil. Já o PlayStation 4 Pro desembarca no país em dezembro. Por enquanto, porém, o preço dos aparelhos ainda não foi revelado. No comparativo a seguir, você confere a ficha técnica e fica por dentro das diferenças de hardware dos dois consoles.

Os processadores são parecidos, mas o Xbox One X leva vantagem

A Microsoft e a Sony escolheram a AMD para equipar as versões originais de Xbox One e PlayStation 4, lançadas em 2013. Nos dois consoles, estão presentes os processadores octa-core, derivados dos chamados núcleos Jaguar, inicialmente criados pela AMD para netbooks e notebooks de baixo custo e performance.

Na “nova” geração de Xbox One e PlayStation 4, há pouca mudança: Sony e Microsoft continuam usando o mesmo design de oito núcleos Jaguar da AMD. O que muda, no entanto, é a velocidade: no PS4 de 2013, e no modelo slim, o processador funciona a um clock máximo de 1.6 GHz, enquanto que no PS4 Pro a velocidade é maior, a 2.1 GHz. No Xbox One original, a CPU roda a 1.75 GHz e, no Xbox One X, a 2.3 GHz.

App do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no celular

Processadores de PS4 Pro e Xbox One X são muito parecidos, mas o Xbox leva vantagem (Foto: Divulgação/Microsoft)Processadores de PS4 Pro e Xbox One X são muito parecidos, mas o Xbox leva vantagem (Foto: Divulgação/Microsoft)

Processadores de PS4 Pro e Xbox One X são muito parecidos, mas o Xbox leva vantagem (Foto: Divulgação/Microsoft)

Em uma comparação estrita entre PS4 Pro e Xbox One X, o console da Microsoft leva alguma vantagem, já que o processador pode rodar mais rápido que a versão da Sony. Em geral, quando o assunto são jogos, uma CPU mais rápida permite que desenvolvedores abusem mais de aspectos interativos de design nos jogos, como inteligência artificial mais elaborada e características de simulação de física mais complexas.

Processador gráfico do Xbox One X é bem superior

A grande chave para classificar a capacidade de um console está diretamente vinculada à capacidade de trabalho de seu processador gráfico, ou GPU. É esse componente que processa informações gráficas, renderiza o jogo em tempo real e dá aos desenvolvedores subsídios para criarem universos mais realistas e impressionantes.

E, se nos processadores a vantagem do novo Xbox era relativamente pequena, a coisa muda quando o assunto é GPU. A placa gráfica criada por AMD e Microsoft para o Xbox One X é tecnicamente muito superior àquela que foi desenvolvida por AMD e Sony para o PS4 Pro.

Processador gráfico dos dois consoles também é da AMD; mas aqui a vantagem da Microsoft é muito maior (Foto: Divulgação/Microsoft)Processador gráfico dos dois consoles também é da AMD; mas aqui a vantagem da Microsoft é muito maior (Foto: Divulgação/Microsoft)

Processador gráfico dos dois consoles também é da AMD; mas aqui a vantagem da Microsoft é muito maior (Foto: Divulgação/Microsoft)

A GPU do Xbox One X possui um total de 2.560 processadores stream, organizados em 40 unidades computacionais. Todos esses circuitos, juntos, podem operar a 1.172 MHz de velocidade máxima, atingindo um poder de processamento computacional na casa dos 6 teraflops e que, nas contas da Microsoft, é suficiente para permitir que jogos rodem nativamente em 4K via Xbox One X.

No PS4 Pro, o número que entrega a disparidade de capacidade de processamento é a contagem do número de operações matemáticas que a GPU pode realizar num único segundo: 4,2 teraflops, contra os 6 TFlops do Xbox One X. No interior do processador gráfico da Sony, existem 36 unidades computacionais, que somam um total de 2.304 processadores stream. A velocidade máxima de operação do chip gráfico do PS4 Pro é de 911 MHz, sensivelmente inferior àquela registrada no novo Xbox.

Performance computacional da placa gráfica do PS4 Pro é sensivelmente inferior ao máximo possível da GPU do Xbox One X (Foto: Divulgação/Sony)Performance computacional da placa gráfica do PS4 Pro é sensivelmente inferior ao máximo possível da GPU do Xbox One X (Foto: Divulgação/Sony)

Performance computacional da placa gráfica do PS4 Pro é sensivelmente inferior ao máximo possível da GPU do Xbox One X (Foto: Divulgação/Sony)

A diferença de processamento bruto que existe entre as duas GPUs é grande. Os 1,8 TFlops são, curiosamente, iguais à capacidade máxima de processamento do PS4 de primeira geração. Essa margem deve dar mais folga ao console da Microsoft, pois oferecem maior qualidade gráfica e desempenho aos games disponíveis para a plataforma. Portanto, o XOne X é superior nesse sentido quando comparado ao hardware mais limitado do PS4 Pro.

Como fica o PS4 Pro? O console da Sony manteve o design de 8 GB de GDDR5 do PS4 de primeira geração, mas houve um aumento na largura de banda entre processadores e RAM: de 176 GB/s para 217 GB/s. O aumento é considerável, mas ainda bem inferior ao que o Xbox One X pode, teoricamente, atingir em definição e qualidade gráfica.

Memória RAM: Xbox One X corrige o defeito do Xbox One

O Xbox One de 2013 e a versão S do console contam com 8 GB de RAM DDR3 e uma estrutura de ESRAM ligada ao processador para acelerar a troca de dados entre CPU e módulos de memória. Esse design se comprovou ineficiente e de difícil otimização e acabou como o maior gargalo de processamento no console, dando à primeira geração do PS4 franca vantagem.

Comparado ao Xbox One S, o Xbox One X usa arquitetura mais rápida e eficiente de RAM (Foto: Divulgação/Microsoft)Comparado ao Xbox One S, o Xbox One X usa arquitetura mais rápida e eficiente de RAM (Foto: Divulgação/Microsoft)

Comparado ao Xbox One S, o Xbox One X usa arquitetura mais rápida e eficiente de RAM (Foto: Divulgação/Microsoft)

O Xbox One X corrige esse problema abandonando a ESRAM completamente, substituindo a lenta DDR3 e aumentando o total de RAM disponível. O Xbox One X conta com 12 GB de RAM do tipo GDDR5, muito mais rápida que a DDR3 usada na versão de 2013 do console. Memória não é só uma questão de quantidade: a velocidade com que ela opera, e com que ela troca informações com a CPU/GPU, acaba definindo de forma muito mais perceptível o fôlego do console. O Xbox One X pode trocar dados entre RAM e processadores a 326 GB/s (para comparar, o Xbox One antigo estaciona em 68 GB/s).

E como fica o PS4 Pro? O console da Sony manteve o design de 8 GB de GDDR5 do PS4 de primeira geração, mas houve um aumento na largura de banda entre processadores e RAM: de 176 GB/s para 217 GB/s. O aumento é considerável, mas ainda bem inferior ao que o Xbox One X pode, teoricamente, atingir.

RAM do PS4 Pro é mais lenta e em menor quantidade do que a memória RAM do Xbox One X (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)RAM do PS4 Pro é mais lenta e em menor quantidade do que a memória RAM do Xbox One X (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)

RAM do PS4 Pro é mais lenta e em menor quantidade do que a memória RAM do Xbox One X (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)

Por que a largura de banda entre CPU/GPU e RAM é tão importante? A razão é simples: não adianta ter um super processador extremamente rápido e uma quantidade astronômica de RAM, se a comunicação entre os dois componentes é lenta demais. O processador ficará ocioso esperando que dados cheguem da RAM, e essa, por sua vez, será mal utilizada, já que as novas informações para serem retidas na memória irão demorar para chegar ao seu destino.

Jogos em 4K demandam uma quantidade absurda de dados sendo processados dezenas de vezes por segundo para manter cada pixel da tela em sincronia. É por isso que a largura de banda de memória é crucial para que os consoles operem satisfatoriamente.

Nada muda no armazenamento

Tanto PS4 Pro como Xbox One X seguem oferecendo interface SATA para discos rígidos ou SSDs. Ambos são comercializados com 1 TB de espaço em disco rígido convencional, mas o usuário pode instalar por conta um SSD mais rápido, ou SSHD e HDs de maior capacidade.

Blu-Ray 4K, realidade virtual e outros extras

Realidade virtual é um diferencial em favor do PS4 Pro (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)Realidade virtual é um diferencial em favor do PS4 Pro (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Realidade virtual é um diferencial em favor do PS4 Pro (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

Quem pretende assistir Blu-Ray 4K tem no Xbox One X a única opção: o PS4 Pro não suporta discos dessa resolução. Outra vantagem da plataforma da Microsoft no momento é o programa de retrocompatibilidade com Xbox e Xbox 360. Novos títulos são adicionados constantemente e muitos deles estão entre grandes favoritos do público.

O PS4Pro, no entanto, tem um diferencial: o console da Sony oferece suporte à realidade virtual por meio do PlayStation VR. O Xbox One X não oferece nada parecido no momento.

Já se decidiu entre o Xbox One e o PS4? Comente no Fórum do TechTudo.

Source

Related posts

Leave a Comment