You are here

Presidente do Peru anuncia apoio legal a Guerrero para anular decisão da CAS

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, anunciou nesta quarta-feira que seu governo dará apoio legal ao atacante Paolo Guerrero na tentativa de anular na Corte Arbitral do Esporte (CAS) uma sanção por doping que o tirou da Copa do Mundo da Rússia.

Paolo Guerrero na chegada a Lima
 15/5/2018   REUTERS/Guadalupe Pardo

Paolo Guerrero na chegada a Lima 15/5/2018 REUTERS/Guadalupe Pardo

Foto: Reuters

Vizacarra disse a jornalistas que a sanção é desproporcional e que Guerrero e seus advogados lhe disseram que eles também apresentarão uma medida cautelar para suspender a punição do jogador enquanto o tribunal na Suíça resolve o processo.

“Eles estão começando um procedimento para anular esse laudo arbitral que define a sanção de 14 meses. Estão recorrendo ao tribunal federal suíço (…) dado que esse laudo não cumpre a garantia do devido processo”, disse em uma conferência semanal com alguns de seus ministros.

A CAS estendeu de 6 para 14 meses uma suspensão sobre Guerrero por doping, após teste do jogador ter dado positivo para um derivado de cocaína.

“É injusto”, disse Vizcarra, que assumiu o poder no fim de março depois da renúncia de seu antecessor, Pedro Pablo Kuczynski, em meio a um escândalo de corrupção. “Foi sancionado por uma suposta negligência com um pena totalmente desproporcional, quando a primeira sentença já havia sido suspensa”, acrescentou.

A notícia caiu como um balde de água fria no país que se classificou para a Copa do Mundo pela primeira vez depois de 36 anos e que tomou a questão da punição de Guerrero como problema nacional.

Reuters
Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

Source

Related posts