You are here

Prazo para saque do PIS vai ser reaberto em 27 de julho – Economia

Rio – Mais de 1,57 milhão de trabalhadores e servidores que não sacaram o abono salarial do PIS/Pasep referente a 2015 terão nova chance de retirar o dinheiro. O prazo final, que terminaria hoje, será reaberto em 27 de julho para este grupo que não foi à Caixa Econômica Federal ou Banco Brasil receber.

A decisão de dar mais tempo para a retirada foi tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). No Estado do Rio, mais de 180 mil ainda podem sacar o dinheiro.

Reunião da conselho definiu que o prazo de pagamento será estendido
Albino Oliveira / Ascom – Ministério do Trabalho

Agora, o novo período de saque vai até 28 de dezembro. De acordo com o Ministério do Trabalho, R$ 1,97 bilhão não foram sacados. O 1,57 milhão corresponde a 6,49% do total de pessoas com direito aos recursos. No Rio, mais de R$ 129 milhões estão a disposição dos trabalhadores. Os valores vão de R$78 a R$937 É o segundo ano seguido que o governo prorroga o prazo de pagamento do abono. No ano passado, a mesma medida foi adotada.

Na mesma reunião, o conselho aprovou também que o calendário de pagamento do abono salarial ano base 2016 vai começar no dia 27 do mês que vem, juntamente com a reabertura do período referente a 2015. O pagamento beneficiará mais de 24 milhões de pessoas em todo o país.

Leia Mais

teste

No Rio mais de 2,1 milhões de trabalhadores vão receber o abono de um salário mínimo. As datas do calendário devem ser divulgadas na segunda quinzena do mês de julho, segundo o ministério.

Tem direito ao abono ano-base 2015 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração mensal média de até dois mínimos; e teve dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais.

Para sacar, o trabalhador que possuir Cartão Cidadão e senha cadastrada, pode ir aos terminais de autoatendimento da Caixa, ou a uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, receberá em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07 da Caixa.

Consulta feita por nome

O trabalhador pode consultar se tem direito ao abono. O Ministério do Trabalho mantém ferramenta na internet com relatórios por estados que permitem verificar o nome do beneficiário. Além disso, é possível acessar o site www.mte.gov.br, digitar número do CPF ou do PIS/Pasep e a data de nascimento que aparece a informação.

A Central de Atendimento Alô Trabalho (158) também tira dúvidas sobre o PIS/Pasep. Os servidores públicos que têm direito ao Pasep, precisam verificar se já houve depósito em suas contas. Caso isso não tenha ocorrido, segundo o ministério, eles devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do BB.

Source

Related posts

Leave a Comment