You are here

Ponte Preta goleia o Coritiba e alivia a pressão sobre Kleina

A Ponte Preta conseguiu fazer sua lição de casa e aliviar a pressão sobre o técnico Gilson Kleina ao bater o Coritiba por 4 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Macaca chegou aos 18 pontos, na 14ª colocação. Já o Coxa, que segue oscilando, soma 19 pontos, na 13ª posição.

A equipe campineira abriu a contagem aos 15 minutos da primeira etapa, com Léo Arthur recebendo presente e arrematando para o fundo da rede. Depois do intervalo, aos 15 minutos, Emerson Sheik, de primeira, marcou o segundo. Lucca, aos 38 minutos,e Sheik, aos 42 minutos, fecharam o placar.

Na próxima rodada, a Ponte Preta encara o Atlético Paranaense, domingo, na Arena da Baixada. Já o Coritiba encara o Flamengo, sábado, no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro.

O jogo

O Alviverde tentou o primeiro ataque logo no primeiro lance, mas Henrique Almeida acertou a bola com a canela e desperdiçou a oportunidade. Aos dois minutos, Jonas arriscou o chute de longe e a bola subiu demais, passando por cima da meta. A macaca até tinha posse de bola, mas com dificuldade para criar no campo de ataque não chegava.

A Ponte chegou bem aos 13 minutos, em velocidade, com Luccas encontrando Sheik, que finalizou para grande defesa de Wilson. Mas, aos 15 minutos, Léo Artur recebeu um presente e Edinho, invadiu a área e bateu forte para estufar a rede e abrir o placar. Aos 23 minutos, Lucca invadiu a área em velocidade e, no momento do chute, foi desarmado com precisão por Márcio.

O Coritiba estava vai acuado mas, aos 31 minutos, levou algum perigo em cabeçada de Henrique Almeida pela linha de fundo. A reação paranaense cresceu e, aos 38 minutos, William Matheus foi derrubado na área, pediu pênalti e arbitragem mandou seguir. Aos 42 minutos, Rildo chutou, Aranha soltou e, no rebote, Henrique Almeida tocou de cabeça para fora.

Para a etapa final, o Coxa voltou com Tomas Bastos no lugar de Edinho. Aos quatro minutos, Carleto fez o lançamento para Henrique Almeida na área mas, outra vez, o atacante coxa-branca não conseguiu acertar a finalização. Tabela entre Lucca e Shiek, aos 10 minutos, mas Dodô se recuperada e evita o prosseguimento da jogada.

Porém, para alivio da torcida da Macaca e do técnico Gilson Kleina, aos 15 minutos, Sheik pegou lançamento de primeira e guardou o segundo gol. O Coritiba tentou responder, aos 18 minutos, mas Aranha foi buscar chute de William Matheus. Aos 26 minutos, grande oportunidade para ampliar a vantagem, mas Léo Artur de frente para o gol, errou a bola.

O Coxa tentava diminuir a diferença e, aos 30 minutos, Neto Berola tentou o tiro de fora da área para mais uma defesa segura de Aranha. Filigrana, sumido do Alviverde desde o Paranaense, apareceu na área aos 35 minutos para testar e parar em Aranha. Porém, aos 38 minutos, Lucca recebeu de Elton e chutou sem chance para Wilson. Ainda deu tempo para Emerson Sheik, aos 42 minutos, receber na área e tocar com tranquilidade para fechar o placar.

FICHA TÉCNICA:
PONTE PRETA 4 X 0 CORITIBA

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 19 de julho de 2017, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Cartões amarelos: Sheik (Ponte Preta)
Gols:
PONTE PRETA: Léo Artur, aos 15 minutos do primeiro tempo e Emerson Sheik, aos 15 minutos e ao 42 minutos, e Lucca, aos 38 minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: Aranha, Jefferson, Marllon, Rodrigo, Danilo; Fernando Bob (Elton), Maranhão (Renato Cajá), Léo Artur (Nino Paraiba) e Naldo; Lucca e Sheik
Técnico: Gilson Kleina

CORITIBA: Wilson, Dodô, Márcio, Luizão e Carleto (Neto Berola); Edinho (Tomas Bastos), Jonas, Matheus Galdezani e William Matheus; Rildo e Henrique Almeida (Filigrana)
Técnico: Pachequinho

Source

Related posts

Leave a Comment