You are here

Paulie Malignaggi nega ter sofrido knockdown para McGregor e culpa edição do vídeo

A polêmica continua. Depois das imagens vazadas do treino entre Conor McGregor e Paulie Malignaggi, o que causou o desligamento do americano do camp de treinamento do campeão do UFC, um vídeo com 9 segundos foi publicado pelo evento o que rapidamente ganhou força entre os fãs do irlandês, que enxergaram um knockdown aplicado no ex-campeão de boxe. E, revoltado, o boxeador não se calou.

Desde o início da polêmia, Paulie garantiu que não sofreu um knockdown e que foi superior ao longo dos 12 rounds de treino que travou com McGregor. Por isso, mesmo após a divulgação de parte da sessão de sparring, o ex-campeão do mundo usou suas redes sociais para clamar que os 36 minutos de combate sejam mostrados para que os fãs possam ver quem, de fato, levou a melhor no ringue.

“Como eu tinha dito, nós fizemos 36 minutos na quinta-feira. Eu já expliquei que os dois últimos rounds foram dele. Eu mantenho que fui melhor nos 36 minutos. Editem como quiserem”, provocou Paulie, antes de analisar as razões que provariam que não houve knockdown.

“Empurrando minha cabeça para baixo com a mão esquerda e me empurrando para a direção onde lançou um golpe de esquerda. […] Honestamente , ele disfarça melhor do que pensei, ou é o ângulo do vídeo. Na academia ninguém pensou que foi knockdown e nós apenas continuamos”, afirmou.

De fato, o ex-campeão pareceu tão incomodado com as especulações que respondeu diversos seguidores nas redes sociais e publicou vídeo em câmera lenta para provar que a mão de Conor o desequilibrou ao segurar em sua nuca, e que nenhum golpe de fato o balançou. E você, o que acha? Veja aqui e confira:

Source

Related posts

Leave a Comment