You are here

Parceria entre Estado e UFPI vai permitir instalação de policlínica em Parnaíba

Maurício Santana/UFPI

Reunião define parceria para policlínica em Parnaíba (Maurício Santana/UFPI)

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, e o reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Arimateia Dantas, firmaram, nessa terça-feira (27), parceria para implantação de uma policlínica em Parnaíba, com a oferta de consultas especializadas e exames de imagem e laboratorial. Para isso, a UFPI cede as instalações físicas, onde atualmente funciona o curso de Medicina, e a Saúde entra com aporte financeiro para a readequação da estrutura e aquisição de equipamentos.

Florentino explica que a implantação da policlínica integra um conjunto de ações para o atendimento especializado, com bloco de investimentos do Banco Mundial. “Nós temos um convênio com o Banco Mundial, com recursos assegurados para a instalação de uma policlínica para o município de Parnaíba. Para tanto, buscamos uma parceria com a UFPI, que vai nos ceder um prédio, onde vai funcionar a policlínica, que servirá, também, além de atendimento à população, ao usuário do SUS, em várias especialidades médicas, como campo de estágio para o curso de medicina da UFPI”, acrescenta Neto.

O secretário ressalta a importância da abertura da policlínica, reforçando o município de Parnaíba como polo de saúde e “a integração cada vez maior dos nossos serviços de saúde na cidade de Parnaíba, integrando os serviços da futura policlínica, com os serviços prestados do Heda, e a UFPI, por meio do seu curso de medicina e outros cursos da área da saúde”.

Com cerca de 160 alunos no curso de Medicina no campi de Parnaíba, como afirma o reitor, a abertura “da policlínica vai ser usada pela UFPI como campo de estágio para nossos alunos do curso de Medicina. Melhor ainda para a população de Parnaíba que vai ter a sua disposição uma policlínica bem aparelhada, moderna e com profissionais competentes”.

Dantas explica ainda que o espaço será cedido tão logo seja concluído o prédio da Medicina, que funcionará no próprio campi. “Assim, da conclusão, vamos liberar esse espaço para que o estado possa fazer as adaptações necessárias”, explica Arimateia.

Além da unidade de Parnaíba, que deve ser implantada em até seis meses, a Secretaria de Estado da Saúde conta com uma unidade em Picos, em pleno funcionamento, e outra em fase de implantação em Floriano. 


 

Source

Related posts

Leave a Comment