You are here

Ofélia aproxima a filha Jane de Camilo

A grande meta de Ofélia (Vera Holtz) é arrumar um bom casamento para as cinco filhas na novela “Orgulho e Paixão”. E a matriarca vai usar até a doença de Jane (Pâmela Tomé) para aproximá-la de Camilo (Maurício Destri) nos próximos capítulos da nova novela das seis. Logo na primeira semana da trama, a jovem fica doente e é atendida pelo médico. Quando a saúde da irmã de Elisabeta (Nathalia Dill ) melhora, Ofélia vai até a Fazenda Bittencourt visitar a filha, adianta o portal “Observatório da Televisão”. “Ainda está um pouco quente. Mas é normal. Precisa agora descansar, hidratar e não abusar”, alerta o profissional.

‘Não permitiria mal a Jane’, afirma Camilo

A também irmã da aventureira Mariana (Chandelly Braz) logo pergunta ao médico, com quem terá dançado em baile, se pode ir embora da propriedade: “Eu posso ir pra casa, doutor?”. Ofélia logo interrompe a filha. “Mas nem pensar! Vocês ouviram o doutor Jonatas! Não é doutor?!”, questiona arrancando sorriso do médico. “Camilo, meu filho, sinto muito o abuso, mas…”, acrescenta a mulher de Felisberto (Tato Gabus Mendes) simulando inocência. Ao concordar com a matriarca, o profissional diz que vai ficar responsável pelos cuidados de Jane. “Abuso nenhum. Eu jamais permitiria algo que fizesse mal a Jane. Pode estar certa que continuaremos dando todo apoio que ela precisar. E Elisabeta está também convidada a permanecer para ajudar a irmã, claro”, diz.

Mãe de Camilo vai querer separar o casal

Se Ofélia vai bancar o cupido da filha o mesmo não vai acontecer com Julieta (Gabriela Duarte), genitora do médico. A diferença de classes sociais vai servir como desculpa para ela não permitir o relacionamento dos dois. “Isso é muito importante falar porque, naquela época, o que importava era se a pessoa tinha posse, era rica ou de uma determinada classe social. Aí não pode viver um amor se é pobre?”, refletiu Pâmela ao Purepeople. “A Jane vai enfrentar essas e outras batalhas que ainda não sei, mas a relação deles é muito bonito e, ao mesmo tempo, muito sofrida porque não tem como falar de amor sem falar de sofrimento. Eles demoram a tomar atitudes. São abraçados pelo Darcy (Thiago Lacerda) e pela Elisabeta, que os ajudam a se encontrar e armam planos para eles fugirem da Rainha do Café”, acrescentou se referindo aos protagonistas do folhetim de época.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Source

Related posts