You are here

o lubrificante íntimo à base de maconha fabricado no Brasil

Um produto um tanto quanto revolucionário, polêmico e ao mesmo tempo inovador vem fazendo a cabeça de diversos consumidores ao redor dos quatros cantos do Brasil [VIDEO].

Composto através de uma mistura caseira de extrato de óleo de coco e de flores da erva cannabis, o lubrificante íntimo promete revolucionar de uma vez por todas, os amantes do prazer. Recebendo o nome comercial de ‘#Xapa-Xana, o produto já está sendo livremente comercializado em milhares de lojas no país.

Prometendo colaborar para que o momento de intimidade dos casais seja ainda mais prazeroso, e consequentemente levado ao ápice, o produto já vem fazendo um grande sucesso entre os consumidores.

Lubrificante íntimo à base de maconha pode ser a nova sensação no País

De acordo com informações passadas pelo fabricante do lubrificante íntimo, após a absorção do gel por meio da mucosa vaginal, a região íntima da mulher ficará surpreendentemente mais sensível ao toque do companheiro, proporcionando maiores períodos de orgasmos, que podem durar até cerca de 15 minutos com uma única aplicação. Além disso, o lubrificante conta com propriedades anti-fúngica, anti-bacteriana e anti-inflamatória, podendo ser utilizada por diversos tipos de pele.

Fabricado a partir de ingredientes e ervas naturais, as restrições quanto ao uso do lubrificante íntimo são praticamente nulas, porém, o próprio fabricante instrui que seus consumidores esclareçam maiores dúvidas com médicos especialistas.

Mais informações a respeito do produto revolucionário

Tamanha vem sendo a curiosidade das pessoas, a respeito da eficácia e dos efeitos causados pelo gel lubrificante em seus usuários, que, recentemente, foi divulgada uma nota no site oficial da empresa fabricante do produto afirmando que os usuários do novo produto não ficarão ”chapadas”.

Segundo os criadores e desenvolvedores do creme: ”A quantidade de Tetraidrocanabinol (THC) utilizada na composição do produto não é capaz de deixar a pessoa ‘drogada’, ainda que a mesma entre em contato com a boca e seja ingerida.

Os fabricantes do Xapa-Xana asseguram que o produto não causa alucinações em seus consumidores e recomendam que o produto seja utilizado com preservativos de poliuretano, pois o mesmo pode danificar e até romper o látex. Portanto é sempre bom procurar um especialista antes de comprar o lubrificante.

E você, o que pensa a respeito do assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes. #maconha #lubrificante à base de maconha

Source

Related posts