You are here

Nasa divulga imagens da grande Mancha vermelha de Júpiter

Na aproximação máxima do planeta, a sonda passou a meros 3.500 km do topo das nuvens jovianas. Foto: Reprodução/Internet (Na aproximação máxima do planeta, a sonda passou a meros 3.500 km do topo das nuvens jovianas. Foto: Reprodução/Internet)
Na aproximação máxima do planeta, a sonda passou a meros 3.500 km do topo das nuvens jovianas. Foto: Reprodução/Internet

As primeiras imagens da sonda Juna, da Nasa, foram divulgadas pela equipe responsável pelas pesquisas. A sonda realizou, na última segunda-feira, um sobrevoo rasante sobre a Grande Mancha Vermelha de Júpiter. A mancha é uma das características mais distintivas do planeta e representa a maior tempestade existente no sistema solar.

Na aproximação máxima do planeta, a sonda passou a meros 3.500 km do topo das nuvens jovianas. As imagens, três ao todo, foram captadas pela JunoCam, a câmera de luz visível da espaçonave. A combinação de cores nas imagens buscam trazer uma visão aproximada de como os olhos humanos veriam o planeta Júpiter. Uma imagem processada posteriormente mostra, ainda as nuances de cor das manchas.

De acordo com o blog Mensageiro Sideral, da Folha de São Paulo, lém da câmera, a missão conta com outros sete instrumentos embarcados, que sondam campos magnéticos, micro-ondas, infravermelho e ultravioleta.

Source

Related posts

Leave a Comment