You are here

Mulher fica nervosa com alagamento, infarta e morre em Oliveira

Assustada ao ver o alagamento na casa da filha e com problemas de coração, uma mulher infartou após a forte chuva que atingiu a cidade de Oliveira, na região Central de Minas, na noite desta quinta-feira (4). De acordo com o diretor da Defesa Civil da cidade, Breno Moretan, a vítima ficou muito nervosa com a água entrando na casa da filha e acabou não resistindo. O caso aconteceu no bairro da Graça. Ainda não se sabe se Maria Laurinda Silveira Siqueira,que não teve a idade divulgada, será contabilizada como morte pela chuva. 

“Ela já tinha problemas de coração. No entanto foi o alagamento que fez com que ela acabasse infartando”, contou Moretan.  Segundo a Defesa Civil, nesta sexta-feira (5) a cidade está contabilizando os prejuízos. São, pelo menos, 18 famílias desalojadas. “Uma equipe composta de Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, agentes da saúde, da secretaria de obras e da Assistência Social está percorrendo a cidade para entender melhor os danos e prestar auxílio às pessoas atingidas”, disse o diretor da Defesa Civil.

Ainda segundo ele, uma escola da cidade foi disponibilizada para os desalojados, mas eles preferiram ir para a casa de parentes e de vizinhos. A  Escola Municipal Djalma Pinheiro Chagas está sendo utilizada então para receber doações, as maiores necessidades são materiais de limpeza, água, alimentos, roupas e colchões.

Várias ruas da cidade estão interditadas, já que tiveram problemas estruturais como buracos e deslocamento de blocos de concreto. Caminhões estão sendo utilizados para retirar a lama das casas e ruas. Na noite de ontem choveram 109 milímetros, segundo a Defesa Civil, o volume é considerado muito alto. Segundo prefeitura foram 43 ocorrências entre inundações, deslizamentos, desabamentos e várias casas comprometidas. A cidade decretou situação de calamidade pública nesta quinta. 

Por causa da chuva o abastecimento na cidade pode ficar comprometido nos bairros: Elias Raimundo, Oscar Faria Lobato, parte do bairro Cabrais, São Sebastião, Cintia, Progresso, Areões, Condomínio Rocha Costa, Nazle Simão, Domingos Ribeiro, parte Alta do Bairro das Graças, Segredo.

Segundo o último Boletim da Defesa Civil de Minas Gerais, sete pessoas já morreram por causa da chuva no Estado. Trinta e duas cidades decretaram situação de emergência. 

Para doações em Oliveira:

 

 

Source

Related posts