You are here

Moro pode ser obrigado a absolver Lula no 2º processo

Moro pode ser obrigado a absolver Lula no 2º processo







Está desMOROnando o segundo processo contra Lula que o juiz Sergio Moro terá que julgar em breve. Isso do ponto de vista do magistrado e de seus acólitos no Ministério Público e na mídia. Do jeito que está indo, o magistrado não terá condições humanamente possíveis de condenar o ex-presidente. As apostas da acusação caem uma a uma.

Para entender, há que voltar algumas semanas no tempo.

Quatro meses após ser interrogado pelo juiz Sérgio Moro na ação penal que ficou conhecida como a do ‘tríplex no Guarujá (SP)’ e na qual foi condenado em julho, o ex-presidente Lula voltou a ser ouvido pelo magistrado no mês passado, em Curitiba, em processo que está para ser julgado a qualquer momento.

Lula é réu nesse processo por suspeita de envolvimento em esquema de corrupção envolvendo contratos firmados entre a Odebrecht e a Petrobras. Sobre o ex-presidente recaem acusações de “corrupção passiva” e “lavagem de ativos”.

(…)

Os advogados do ex-presidente Lula pediram a presença de um perito para testemunhar a entrega, ao juiz Sergio Moro, dos recibos originais de pagamento de aluguel do apartamento que ele ocupa em São Bernardo, vizinho ao imóvel em que mora.

Não surgiu, até aqui, um único mecanismo que permita a Moro condenar Lula sob essa acusação de ele ocupar de graça apartamento contíguo ao seu. E quanto ao terreno, muito menos. Não surgiu nada além de uma afirmação de que o terreno IRIA ser usado por Lula, apesar de que nunca foi.

Dirão que Moro fará o mesmo que fez no caso do tríplex, condenará Lula com base em acusações sem provas de ter algo que nunca foi seu e que nunca usou. Mas a aposta de Moro era a de que conseguiria uma condenação melhor, desta vez.

Moro queria condenar Lula por uma “propina” que ele de fato tivesse usado. Já bastava ter condenado Lula por ser dono de um imóvel que jamais usou, o “tríplex”. Porém, após ter cobrado tão furiosamente os recibos, se não puder provar que são falsos não terá como condenar Lula sem que se exponha a ter a sentença reformada por um juizado menos parcial.

Os recibos certamente são verdadeiros. Lula ou sua defesa não seriam loucos de mandarem alguém imitar a assinatura de Costamarques. E não conseguem provar que os recibos foram assinados todos de uma vez. Até porque, Costamarques mentiu sobre a visita de Roberto Teixeira e nunca havia relatado que assinara recibos a Lula.

Moro está perdendo apoio na sociedade enquanto Lula ganha. Ele não pode fazer outra condenação fake como a do “tríplex”. Futuramente, poderá ser processado criminalmente pelo que está fazendo. Precisa desesperadamente de uma condenação menos fraca contra Lula. Seguramente não será essa da guerra dos recibos…

Leia o artigo na íntegra.


Faça compras online e ganhe CUPONS 247 de desconto











Source

Related posts

Leave a Comment