You are here

Membros do Fed projetam novas altas de juros e indicam redução do balanço de US$ 4,5 tri este ano

SÃO PAULO – A ata da última reunião do Fomc, divulgada nesta quarta-feira (5) mostrou que os integrantes do Federal Reserve estão divididos sobre quando dar início à redução do balanço de pagamentos de US$ 4,5 trilhões. Vários deles defenderam iniciar o corte já nos próximos meses.

Apesar das dúvidas, o documento indica fortemente que este processo deve ter início este ano. A ata mostrou que os membros do Fed estão divididos entre os que estão confortáveis com a taxa de desemprego abaixo das estimativas e aqueles que se preocupam que uma taxa de desemprego abaixo do sustentado poderia desencadear inflação ou instabilidade financeira.

A minuta mostra preocupação de que as condições financeiras tenham permanecido soltas, mesmo que as taxas de juros do Fed tenham sido elevadas. O Fed também se mostrou confiante de que a inflação se recuperaria após os dados recentes.

Sobre os juros, os membros do Fed mostraram determinação em continuar elevando as taxas, mesmo com níveis de inflação inalterados, fato que eles consideraram temporários e que provavelmente irão subir a longo prazo para um nível próximo do estimado de 2%.

As leituras recentes de inflação abaixo do objetivo de 2% foram atribuídas a “fatores idiossincráticos, incluindo declínios acentuados nos preços dos serviços de telefonia sem fio e medicamentos, e a expectativa é que esses desenvolvimentos tenham pouca influência sobre a inflação no médio prazo”.

Source

Related posts

Leave a Comment