You are here

Marcelo Oliveira critica desatenção do Coritiba e resume: “Não conseguimos jogar” | coritiba

O técnico Marcelo Oliveira afirmou que o Coritiba “não conseguiu jogar” contra o Atlético-GO. Como consequência, o time perdeu por 1 a 0 em jogo na tarde deste sábado, no Olímpico, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele até elogiou a entrega do time, mas criticou a falta de atenção e de capricho:

– O jogo aqui é difícil, Campeonato Brasileiro não tem essa questão de posição em que o time está. Não conseguimos jogar. O espírito está bom, o time está competitivo, todo mundo se doando muito, mas caprichando pouco na última jogada, na jogada técnica – que analisou as diferenças entre o primeiro e o segundo tempo.

– No primeiro tempo, praticamente ninguém jogou. Foi muita dividida, muita bola longa e erro de passe. No segundo tempo, o Coritiba melhorou, teve bons momentos no jogo. Inclusive, tomamos o gol no melhor momento nosso, mais um gol de desatenção. Em um arremesso de lateral, os jogadores têm que estar marcados. Nós descuidamos e demos chance de o Jorginho tirar e fazer o gol. Depois bate aquele desespero.

Com o resultado, o Coritiba dorme na 10ª posição, com 25 pontos. Porém, pode ser ultrapassado por Botafogo, Vasco, Bahia, Ponte Preta e Atlético-MG no complemento da rodada. Adversário do Coxa, o Atlético-GO permanece na lanterna, agora com 15 pontos:

– Eu diria que o Campeonato Brasileiro é muito difícil, jogar fora principalmente, contra um adversário que estava desesperado pelo resultado, mas era uma oportunidade de ganhar fora. Se a gente jogasse um pouquinho mais, um pouco menos de ansiedade e um pouco mais de bola no chão… Pedimos isso, o time voltou melhor, mas não o suficiente. Esse espírito, organizado e com um pouco mais de jogo, alguém que consiga fazer fluir o jogo com menos sofrimento.

O próximo compromisso do Coritiba será contra o Santos, pela 21ª rodada. O jogo está marcado para domingo, às 19h (horário de Brasília), no Couto Pereira. Para esta partida, Rildo é desfalque certo.

Source

Related posts

Leave a Comment