You are here

Maia diz que acha difícil votar Previdência até final do mês

Maia desconversou sobre a soma dos votos favoráveis à reforma - Foto: Regina Bochicchio | Ag. A TARDE
Maia desconversou sobre a soma dos votos favoráveis à reforma
Regina Bochicchio | Ag. A TARDE

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que está em Salvador para curtir o último dia de Carnaval a convite do prefeito ACM Neto (DEM), juntamente com o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que acha difícil votar a Reforma da Previdência até o final deste mês, como aposta do governo, mas que está trabalhando para isso.

Em entrevista à imprensa, Maia desconversou sobre a soma dos votos favoráveis à reforma e defendeu a “igualdade do sistema”, ou seja, que os servidores públicos que ganham até R$ 30 mil se aposentem com 65 anos, assim como ocorre com quem ganha um salário mínimo. Segundo ele, a disparidade gera um rombo de R$ 40 milhões anuais que poderiam ser investidos na sociedade. Ele disse, ainda, que servidores disseminam falas informações sobre a reforma em benefício próprio. Ele defendeu, ainda, que deputados se aposentem com 65 anos de idade e 30 anos de serviço. Hoje um deputado se aposenta com 60 anos de idade e 35 anos de serviço (leia adiante).

“Antes de saber se vai passar ou não vai [a Reforma], o importante é a gente convencer a sociedade brasileira que hoje, no Brasil, os que ganham R$ 30 mil se aposentam com 55 anos e os que ganham salário mínimo com 65 anos. A maioria dos que curtem Carnaval em Salvador se aposenta com 65 anos. A única defesa que eu faço da Previdência é essa: a igualdade de direitos. Agora, se o plenário vai votar ou não vai é uma decisão democrática de cada um, todo mundo foi eleito, tem mandato e está na hora de cada um assumir sua responsabilidade”, disse Maia.

Ao ser questionado sobre a facilidade de aposentadorias para parlamentares, Maia foi enfático ao dizer que a lei para Legislativo é mais rígida do que para o Judiciário e Executivo e assinalou que defende que deputado se aposente aos 65 anos e com 30 de serviço. E que desde 1997 somente 40 deputados se aposentaram.

“Depois de 1997 com quantos anos o deputado se aposenta? 60 anos e 35 anos de serviço. Sabe quantos deputados se aposentaram desde 97? 40, só 40. A nossa lei hoje é mais dura do que qualquer setor do mundo. Do Executivo é 60 anos com contrapedágio – a cada ano ele cumpre acima de 35 anos é um ano a menos, por isso se aposenta com 55 anos. Parlamentar é sem contrapedágio, 65 anos e sem transição”.

Na noite desta terça-feira, 13, Rodrigo Maia acompanhará a folia baiana no Camarote Skol, no Circuito Dodô (Barra/Ondina). 


Source

Related posts