You are here

Kim Jong-un avalia reunião com Trump, diz Coreia do Sul

SÃO PAULO  –  O ditador norte-coreano Kim Jong-Un “examina a situação” após a decisão “extremamente corajosa” do presidente dos EUA, Donald Trump, de aceitar um encontro histórico entre ambos.

A informação foi dada neste domingo (17) pela ministra sul-coreana das Relações Exteriores, Kang Kyung-wha.

“Acreditamos que o dirigente norte-coreano examina a situação. Nós lhe damos o benefício da dúvida e o tempo que poderia precisar para se manifestar de forma pública”, disse a sul-coreana em entrevista à rede CBS.

Pyongyang não respondeu publicamente ao presidente dos EUA, que surpreendeu até a seus próprios diplomatas ao aceitar o convite para a cúpula, atribuído a Kim Jong-un e anunciado por emissários sul-coreanos, no dia 8 de março.

Um diplomata norte-coreano está na Finlândia para reunir-se com representantes americanos e sul-coreanos com o objetivo de acertar o encontro Trump-Kim. “Foi uma decisão extremamente corajosa por parte do presidente Trump [aceitar]. Agora é preciso tempo”, disse Kang.

Source

Related posts