You are here

Jovem estampa currículo em garrafa de refrigerante e é chamada para entrevista

A estudante Beatriz Carmona, de 17 anos, apostou em uma tática criativa para se destacar no processo seletivo de uma agência de marketing: estampou seu currículo no rótulo de uma garrafa de Coca-Cola e a entregou na empresa. Para arrematar, a frase de apresentação dizia: “Milhares de currículos acabam no lixo; este vai matar a sua sede!”.

A tática surtiu efeito. No Facebook, o passo a passo da criação do currículo teve mais de 8,1 mil curtidas, 6 mil compartilhamentos, além de ter repercutido em outras redes sociais, incluindo repercussão na página da empresa – que usou a hashtag #GanhouNossoRespeito para se referir à jovem.

Fora das redes sociais, o efeito foi ainda maior: a estudante de Barueri, na Grande São Paulo, foi chamada para uma entrevista para o cargo de aprendiz na empresa. “Conheci os funcionários, o ambiente e mais sobre a empresa. Irei lá novamente nesta semana”, disse ela ao portal da RedeTV! nesta quarta-feira (28).

Com apenas uma experiência profissional, como atendente em um restaurante, a jovem diz que optou pelo currículo criativo porque já fazia duas semanas que havia se inscrito na vaga e não tinha tido retorno. “Além da necessidade de me destacar, me motivei da minha vontade de tentar algo novo, utilizando minhas habilidades”, explica Beatriz. “Logo, surgiu a inspiração: a ideia do publicitário Lukas Yla”, acrescenta, citando o norte-americano que entregou o currículo em caixa de donuts. 

Depois do que chama de “flashback da ideia do Lukas”, Beatriz precisou colocar o próprio plano em ação. “Não precisei pensar duas vezes e logo escolhi a Coca-Cola. Demorei cerca de 5 horas para criar o primeiro, mas as medidas não estavam corretas. Então, eu elaborei dois rótulos”, relata. “Minha avó comprou uma garrafa de 2,5l e eu converti as medidas da etiqueta para o computador. Assim, surgiu o segundo rótulo (depois de 4 horas). Meu irmão acabou bebendo da garrafa e minha avó teve que comprar uma nova. Ou seja, gastei R$ 16,00 com duas garrafas de 2,5l + R$ 20,00 da impressão da etiqueta na gráfica”.

Estudante do último ano do ensino médio, Beatriz conta que se dedica a aprender um pouco sobre tudo, mas ainda está indecisa quanto ao curso para uma graduação. “Estudo a todo momento. Busco adquirir conhecimento de qualquer meio e situação. Eu não firmei a minha decisão sobre o curso, apesar de ter paixão em artes em geral”, diz a jovem. “Há cursos que eu admiro demais, como Direito. Mas não descobri se realmente é a minha praia. É difícil realizar uma escolha dessas!”.

Impactada pelo sucesso do currículo nas redes sociais, a estudante diz que se sentiu “extremamente valorizada e satisfeita com todo reconhecimento e carinho das pessoas”, mas também assustada com tanta atenção. “Estou buscando manter o foco no emprego e no vestibular”, afirma. “Pretendo não me abalar com tanta pressão diante de toda essa repercussão, que é algo fascinante desde que aproveitado de forma benéfica”.

Source

Related posts

Leave a Comment