You are here

Jornal Hoje – Estado de saúde do bebê que nasceu prematuramente no RJ é gravíssimo

É gravíssimo o estado de saúde do bebê que nasceu em uma cesárea de emergência depois que a mãe foi baleada na Baixada Fluminense. Para a polícia, o tiro partiu de traficantes.

O bebê continua a luta pela vida, que começou antes do nascimento. “Um fragmento único, uma entrada muito pequena, entendeu? Eu acionei na mesma hora a obstetrícia e o centro cirúrgico”, explica a médica Poline Pereira.

A bala que atingiu mãe e filho causou lesões graves na criança, que já precisou de uma transfusão de sangue e de uma drenagem no pulmão. Os médicos encontraram um coágulo na cabeça do bebê e perceberam que uma lesão na vértebra prejudicou os movimentos das pernas.

No ultrassom feito há duas semanas, os pais viram Artur saudável, pronto para um parto normal nos próximos dias. O primeiro filho, muito desejado. No quarto, o berço já estava armado, o enxoval comprado, tudo organizado a espera da criança.

Na sexta-feira (30) à noite, Claudinéia voltava do mercado, quando foi baleada na entrada da Favela do Lixão, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense.

Dois policiais militares do Batalhão de Caxias disseram na delegacia que estavam saindo da favela quando foram atacados por traficantes, mas não revidaram.

“Todos os indícios que temos até agora indicam que esse tiro partiu dos traficantes da comunidade e a partir de hoje nós estamos realizando diversas diligências, inclusive indo ao local para verificar a existência de câmeras que possam ajudar”, diz Raíssa Celles, delegada da Polícia Civil.

O pai de Artur agora se divide entre as visitas ao bebê e a mulher, que se recupera da cesariana em outro hospital,  e vvie momentos bem difíceis, diferentes do que imaginou. Ele se apega à fé.

 

Source

Related posts

Leave a Comment