You are here

Inovaes na inteligncia artificial dominam CES 2018

Reuters
Túnel de televisores da LG, na CES, a maior feira de tecnologia do mundo

Nem bem o ano começou e já é hora de conferir as novidades do mundo da tecnologia. A 51ª edição da Consumer Electronics Show (CES), maior feira do mundo do setor, realizada em Las Vegas (EUA) de 9 a 12 de janeiro, trouxe menos novidades do que o prometido e ainda – por conta da chuva – ficou sem energia por duas horas na manhã de quarta-feira (10), afetando a agenda dos exibidores. Os visitantes foram retirados do local enquanto durou o problema. A feira não trouxe grandes novidades e ficou focada em Internet das coisas. Os lançamentos, para especialistas, foram “repeteco” da edição do ano passado.

Há cinco décadas, o evento serve como termômetro das grandes novidades da tecnologia que serão anunciadas ao longo do ano. Em 2018, além de computadores, TVs e aparelhos de som, categorias de produtos tradicionais na feira de Las Vegas, a CES trouxe novidades na área de casa conectada, carros autônomos e inteligência artificial, mostrando como a tecnologia tem se expandido por diferentes setores nos últimos anos.

As “casas inteligentes” – junto com os robôs – tiveram grande destaque na CES 2018.  Geladeiras, máquinas de lavar e aparelhos de ar condicionado sempre estiveram presentes na CES. Neste ano, com o crescimento da inteligência artificial e dos assistentes de voz – em especial, a Alexa, da Amazon, que faz bastante sucesso nos EUA -, os dispositivos ganharam status de “astros”.

A Samsung, por exemplo, mostrou que a marca tem uma estratégia diferente dos concorrentes e que TVs, geladeiras, aspiradores-robô e máquinas de lavar fazem parte desse futuro integrado, conectado e inteligente. A mudança de estratégia – de produto para conceito no stand – se refletiu no próprio “produto” anunciado durante a CES: o painel modular The Wall, com tecnologia Micro LED. Os executivos, no entanto, não deram detalhes sobre como o sistema funcionará na prática nem quando tais produtos estarão nas lojas.

A Moen apresentou  uma nova versão do seu chuveiro inteligente conhecido como “U by Moen Smart Shower”. O novo dispositivo tem essencialmente as mesmas capacidades técnicas do anterior, mas agora ele terá integração com a Alexa, da Amazon, e a Siri, da Apple. Com isso, os usuários poderão ligar, desligar, programar, ajustar perfis de usuários e mudar a temperatura do chuveiro através de comandos de voz. Será possível, inclusive, pedir para o equipamento preparar a água com antecedência, a fim de economizar água até você aparecer para tomar banho de fato.

Já a GE lançou um tablet de 27 polegadas sensível ao toque acoplado ao tradicional exaustor de fogões e criado para servir como central dos dispositivos inteligentes em casas conectadas. O Familly Hub exibe opções de controles de dispositivos inteligentes, vídeo de câmeras de segurança conectadas à Internet, chamadas de vídeo, opções de receitas online, além de monitorar as atividades do fogão.

Apesar de toda a tecnologia embutida, a função de exaustor é considerada a mais útil por especialistas, por ser a funcionalidade mais popular disponível no Familly Hub atualmente. A comercialização do aparelho deve acontecer apenas no segundo semestre, mas os valores não foram divulgados pela fabricante.

E na “briga” entre os assistentes de voz, o Google Assistant agora equipa uma nova tela inteligente da Lenovo. Com essa ferramenta, os usuários podem ter informações atualizadas sobre o clima, o trânsito e encontrar estabelecimentos comerciais, além de várias outras funções de entretenimento. Veja outras novidades nesta página. 

Carros autônomos mais perto da estrada

Alexandria Sage/Reuters
Motorista faz demonstração de veículo auto-dirigível da Aptiv

Os carros autônomos foram o grande tema da CES em 2016, e dominaram as manchetes de tecnologia durante todo o ano de 2017. Neste ano, mais uma vez, as grandes montadoras – GM, Ford, Toyota, Hyundai – estiveram presentes no evento para mostrar que estamos cada vez mais perto de ver veículos sem motorista rodando pelas ruas do mundo.

Além disso, foram apresentadas ideias interessantes sobre o futuro da mobilidade: no ano passado, a Toyota apresentou o Concept-i, um carro-conceito que não só dirigiria sozinho, mas também conversaria com o usuário e checaria suas emoções. Para este ano, a japonesa mostrou mais detalhes sobre o modelo. Outra surpresa veio da Nissan, que aposta numa tecnologia chamada “brain to vehicle” (cérebro para o veículo), conectando o cérebro do motorista diretamente ao carro. A ideia é que, com a funcionalidade, o carro reaja mais rapidamente do que com a ação direta do motorista e possa evitar acidentes.

Celular fica mais inteligente

Steve Marcus/Reuters
Mate 10 tem lentes que funcionam com inteligência artificial

A CES já foi palco para diversos anúncios de categorias de eletrônicos, mas há alguns anos a feira não é mais o palco para grandes novidades em smartphones e tablets. Este ano, o principal anúncio da feira no setor ficou por conta da chinesa Huawei, com o novo modelo de sua linha premium Mate 10. O flagship da chinesa já pode ser comprado na pré-venda nos EUA no dia 4 de fevereiro, e estará disponível em grandes redes varejistas, como Best Buy e Amazon. Ele tem um display QHD OLED de seis polegadas e uma bateria impressionante de 4.000 mAh, contando, ainda, com um par de lentes Leica em sua face traseira. Essas lentes funcionam com inteligência artificial que, em tempo real, reconhece cenários e objetos da imagem para deixar a fotografia com ares profissionais, incluindo aquele efeito “bokeh”, que desfoca o fundo e dá um ar lúdico quando há pontos de luz. Além do Mate 10 Pro, a Huawei exibiu seu novo headset de realidade virtual, o Huawei VR2. Ele é do tipo standalone e consegue se conectar ao smartphone, tablet e PC via USB-C, sem a necessidade de acoplar o aparelho ao headset como outros modelos por aí.

Mais televisores em 4K – e até 8K – e conteúdo de vídeo

Antecipada por anos na CES, a resolução 4K já é realidade no mercado de TVs. No Brasil, ela domina cerca de 10% das vendas e deve crescer para cerca de 30% este ano. Local tradicional de lançamentos de televisões, a CES deste ano  mostrou novos modelos de aparelhos de telas incríveis, com destaque para novidades na tecnologia de High Dynamic Range (HDR) e 8k.

Já a Samsung anunciou que, em 2018, todas as suas smart TVs contarão com um guia universal, um app de fábrica para que o usuário descubra filmes e séries cujas sugestões serão apresentadas de modo personalizado, de acordo gostos pessoais. A Samsung também destacou em sua apresentação a tevê com tela microLED, tida como “o futuro dos televisores”. 

Outras novidades

* O 5G fica mais perto: novo padrão de conectividade móvel, a banda larga de quinta geração (também conhecida com 5G) ainda está um pouco distante dos brasileiros, mas começa a se tornar uma realidade nos países desenvolvidos. Com altíssima velocidade (de até 1 gigabit por segundo, dez vezes mais que o permitido pelo 4G) e baixa latência, a tecnologia vai permitir diversas tendências do futuro, como cidades inteligentes e casas conectadas. No Brasil, ela deve chegar apenas em 2021.

* A Samsung apresentou uma televisão 4K de 146 polegadas batizada de The Wall. O aparelho modular pode ser montado em tamanhos menores ou até mesmo maiores, dependendo do espaço onde será instalado. Outra novidade é que todos os televisores 2018 da marca também vão contar com o assistente.

* A Intel lançou a oitava geração dos processadores Core. Os dispositivos, desenvolvidos em parceria com a AMD, têm gráficos Radeon RX Vega. Brian Krzanich, CEO da Intel, também anunciou novas parcerias da empresa para o desenvolvimento de carros autônomos, realidade virtual e inteligência artificial

* A Dell anunciou um software que possibilita aos usuários atenderem seus telefones pelo computador. A tecnologia é compatível com aparelhos Android e iOs, mas terá algumas limitações em iPhones.

* A HTC apresentou uma versão atualizada de seu óculos de realidade virtual. Batizado de Vive Pro, o novo produto tem como principal novidade imagens em alta resolução. * A Lenovo também apresentou no evento o Miix 630, um notebook com Windows 10 e processador Qualcomm Snapdragon 835. De acordo com o fabricante, o computador tem bateria com duração de até 20 horas.

* A Kodak surpreendeu a todos ao anunciar que está lançando sua própria criptomoeda: a KodakCoins. A moeda digital voltada para o mercado de fotografia promete ajudar fotógrafos a receber pagamentos e vender seu trabalho.

* A Toyota anunciou uma parceria com a Amazon para adicionar a assistente de voz Alexa aos seus carros. Já a Ford está trabalhando em parceria com empresas como Lyft, Postmates e Domino’s para implementar veículos autônomos.

Robôs ficam mais ‘emocionais’ 

Os novos robôs ‘emocionais’, que buscam ler sentimentos humanos, foram destaque na CES. O robô Forpheus, por exemplo, faz mais do que jogar uma partida de tênis de mesa: ele pode ler a linguagem corporal do seu oponente para avaliar sua capacidade, oferecer conselhos e encorajá-lo. “Ele tentará entender o seu humor e sua habilidade de jogar e prever um pouco sua próxima jogada”, disse Keith Kersten, da Omron Automation, com sede no Japão, que desenvolveu o Forpheus para mostrar sua tecnologia.

O Forpheus é um dos vários dispositivos apresentados na CES que destacam como os robôs podem se tornar mais parecidos com os humanos ao adquirir “inteligência emocional” e empatia.

A Honda, a gigante japonesa dos automóveis, lançou um novo programa de robótica intitulado Empower, Experience, Empathy, incluindo o seu novo robô 3E-A18, que “mostra compaixão com os humanos com uma variedade de expressões faciais”, de acordo com uma declaração.

Outros robôs, como o Sanbot da Qihan Technology e o Pepper da SoftBank Robotics, estão sendo “humanizados”, ao serem ensinados a ler e reagir aos estados emocionais das pessoas. Pepper é “capaz de interpretar um sorriso, uma cara feia, seu tom de voz, bem como o campo lexical que você usa e a linguagem não verbal, como o ângulo de sua cabeça”, de acordo com a SoftBank.

O Somnox, por exemplo, um robô-travesseiro que simula a presença de outra pessoa na cama, com uma vibração que parece com alguém respirando. Ele também medita e canta canções de ninar.

Não foram só as pequenas empresas que deram asas à imaginação. A LG usou sua apresentação para demonstrar um conceito de robô que pode ser usado como carrinho de supermercado ou como garçom em um restaurante, e mostrou uma dupla de lavadora e secadora de roupas que conversa entre si.

CRIANÇAS E IDOSOS

Outros robôs, com utilidade mais promissora, são acompanhantes para idosos e doentes. Um sucesso entre o público foi o pato robótico da Aflac (“My Special Alfac Duck”), que faz companhia para crianças com câncer e tira dúvidas sobre a doença.

Há ao menos três edições, a feira se concentra mais em Internet das coisas do que em inovações em celulares e computadores. “Esse é um evento de conectividade, não mais de tecnologia”, diz Rafael Steinhauser, presidente da Qualcomm na América Latina.

Sophia 

A conhecida robô Sophia chamou a atenção por ter ganhado pernas que se movimentam. O rosto de Sophia foi feito com material que imita a pele humana e ela é considerada o robô com a melhor interação com os seres humanos, com 62 expressões faciais. Os criadores dizem que ela tem capacidade de aprender. Entre suas habilidades, a robô consegue identificar o olho da pessoa com quem está conversando e olhar diretamente nos olhos enquanto fala. Sophia consegue conversar com bastante naturalidade. Desde que foi lançada, ela já “concedeu” diversas entrevistas. Em uma delas, revelou que queria ter filhos, família e que gostaria de acabar com a humanidade. Em seguida, a robô emendou dizendo que tratava-se de uma brincadeira.

Você sabia?

A International Consumer Electronics Show (CES), em Las Vegas (EUA), é a maior feira mundial para tecnologia de consumo e a maior feira anual da América. Entre os produtos encontrados na CES estão áudio, imagens digitais, tecnologia emergente, jogos de alto rendimento, home cinema, tecnologia em veículos, redes wireless e domésticas.

Source

Related posts