You are here

Hospital católico em Roma pode receber bebê britânico Charlie

ROMA, 3 JUL (ANSA) – A presidente do hospital pediátrico Bambino Gesù, Mariella Enoc, informou nesta segunda-feira (3) que a entidade estuda a transferência do bebê britânico Charlie Gard para a unidade. O hospital, que é um dos maiores da Europa, é de propriedade da Santa Sé e fica em Roma. “Pedi ao diretor médico para verificar com o Great Ormond Street Hospital de Londres, onde o bebê está sendo tratado, se há condições sanitárias para uma eventual transferência de Charlie para nosso hospital “, disse Enoc à imprensa italiana.   

Ao falar sobre a difícil situação médica da criança, a presidente destacou quer dar condições dignas ao bebê.   

“Sabemos que o caso é desesperador e que, ao que sabemos, não há terapias eficazes. Estamos próximos aos pais nas orações e, se esse for o desejo deles, estamos disponíveis acolher o menino aqui pelo tempo que lhe resta de vida”, acrescentou.   

Falando sobre a “missão” do Bambino Gesù, Enoc destacou as palavras do Papa Francisco, que na sexta-feira (30), escreveu que “defender a vida humana, sobretudo quando ela é ferida pela doença, é um compromisso de amor que Deus confia a cada homem”.   

“As palavras do Santo Padre, ditas ao pequeno Charlie, reassumem a missão do hospital Bambino Gesù”, acrescentou Enoc.   

A sexta-feira era a data em que a Corte Europeia de Direitos Humanos determinou que fossem desligados os aparelhos que mantém Charlie vivo. O menino de 10 meses sofre de miopatia mitocondrial, doença rara e incurável que provoca perda progressiva da força muscular.   

Os pais Connie Yates e Chris Gard lutavam na justiça para manter os equipamentos ligados e, por consequência, manter o bebê vivo, mas foram derrotados. (ANSA)

Source

Related posts

Leave a Comment