You are here

“Hora é de celebrar o título”

Mídia americana divulgou que franquia e jogadores votaram por não visitar o presidente Donald Trump, mas comunicado oficial diz que decisão não foi tomada

Campeão da NBA na última madrugada, o Golden State Warriors só quer saber de celebrar a conquista diante do Cleveland Cavaliers. Mas uma polêmica circulou na Califórnia logo após a vitória sobre o rival. De acordo com fontes da imprensa americana, como a “NBC”, os jogadores da franquia e o técnico Steve Kerr teriam decidido não visitar à Casa Branca para se encontrar com o presidente Donald Trump. Após a informação vazar, a equipe soltou um comunicado oficial desmentindo a situação. De acordo com os Warriors, eles nem receberam ainda o convite formal e uma decisão será tomada apenas quando e se isso acontecer.

Warriors comemoram título (Foto: Kyle Terada/USA TODAY Sports/Reuters)Warriors não confirmam que dirão não à Casa Branca (Foto: Kyle Terada/USA TODAY Sports/Reuters)

Nos Estados Unidos, é comum que atletas campeões das ligas nacionais façam uma visita para uma foto oficial e congratulações presidenciais. Anteriormente, o técnico Steve Kerr, em coletiva de imprensa, chegou a chamar o líder de grosseiro e
afirmou que ele não se encaixa no perfil do cargo de presidente. No comunicado, conduto, o Golden State afirma que o momento é apenas de celebração.

– Hoje é tudo sobre celebrar o nosso campeonato. A organização irá fazer suas decisões quando e se for necessário, já que não houve um convite da Casa Branca – diz o comunicado da equipe, divulgado pela rede americana “ABC News”.

Source

Related posts

Leave a Comment