You are here

Garotinho preso no Rio, mas ficar em casa de tornozeleira – Politica

Garotinho
Garotinho suspeito de comprar votos nas eleies em Campos dos Goytacazes (foto: Genilson Pessanha)

O ex-governador do Rio, Antony Garotinho, foi preso na manh desta quarta-feira (13), no Rio de Janeiro. A priso decretada foi domiciliar. Por isso, o poltico ser conduzido a Campos dos Goytacazes, no norte do estado, onde ficar sujeito a vrias medidas restritivas, como o uso de tornozeleira eletrnica.

Garotinho foi preso enquanto conduzia o programa de rdio Fala Garotinho, na Rdio Tupi. Um dos locutores chegou a dizer que o ex-governador teria ficado sem voz e que voltaria no dia seguinte. De acordo com o jornal O Globo, a ordem de priso foi do juiz Raph Manhes, que no documento diz que Garotinho praticou o crime de corrupo eleitoral pelo menos 18 mil vezes.

O magistrado diz que o poltico conseguiu eleger 11 vereadores e diversos suplentes em 2016 graas a um esquema de compra de votos. Na investigao pelo Ministrio Pblico Eleitoral, Garotinho acusado de trocar votos pela incluso de famlias no programa social Cheque Cidado, em Campos dos Goytacazes.

Alm da medida cautelar, Garotinho foi condenado priso em regime fechado por corrupo eleitoral, associao criminosa e supresso de documentos pblicos. No entanto, essa condenao precisa ser confirmada em segunda instncia para que a recluso passe a vigorar.

A assessoria do ex-governador foi procurada pela reportagem, mas ainda no havia se manifestado at a publicao desta matria. O advogado de Garotinho, Carlos Azeredo, divulgou a seguinte nota: “A defesa do ex-governador Anthony Garotinho repudia os motivos apresentados para a priso do ex-governador e entende que a deciso de mant-lo preso em casa, em Campos, tem a inteno de priv-lo de seu trabalho na Rdio Tupi e em seus canais digitais e, com isso, evitar que ele continue denunciando polticos criminosos importantes, alguns deles que j foram at presos. A defesa nega as acusaes imputadas a ele e informa que ele nunca nem foi acusado de roubo ou corrupo. O processo fala de suspeitas infundadas de compra de votos, o que por si s no justifica priso”.

“A defesa afirma que a priso domiciliar, alm de no ter base legal, causa danos sua famlia j que o impede de exercer sua profisso de radialista e sustentar sua famlia. A defesa do ex-governador ir recorrer da deciso”, finaliza o advogado. (Com Agncia Estado)

Source

Related posts

Leave a Comment