You are here

Familiares de adolescente morta por bala perdida na Baixada Fluminense estão no IML

Familiares da adolescente Larissa Soeiro Maia, de 14 anos, morta em um tiroteio na noite deste domingo no bairro Cobrex, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, estão no Instituto Médico Legal da cidade para liberar o corpo da menina. Muito abalados, eles não quiseram falar com a imprensa. Alguns afirmaram, entretanto, que não sabem o que aconteceu.

O corpo de Larissa deve ser liberado no início da tarde desta segunda-feira, mas ainda não há informações sobre o enterro. A adolescente foi morta quando passava na Rua Beira Rio. Ela chegou a ser socorrida na UPA do bairro Botafogo, mas não resistiu aos ferimentos.

Investigação

Além da morte de Larissa, a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga a morte de Alexandre Rodrigues Alves, de 38 anos. Ele também foi morto no tiroteio. O motivo ainda está sendo apurado pela Polícia Civil.

Segundo o 20º BPM (Mesquita), não houve registro de confrontos envolvendo policiais no local onde a menina e o homem foram baleados.

Source

Related posts