You are here

Falta de medicamentos em postos de saúde vira drama para a população de Simões Filho – Simões Filho Online

O grave desabastecimento de insulina, medicamentos para o sistema nervoso, e remédios básicos, como os destinados a pressão alta, coração, entre outros, virou drama para muitas famílias de Simões Filho. A falta de medicamentos em UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e Farmácias da Secretária Municipal de Saúde coloca a vida de milhares de pacientes simõesfilheses em risco. O que encontramos diariamente na cidade são pessoas saindo das unidades de saúde de mãos vazias.

A Secretária Municipal de Saúde, Drª Maria Betânia, até o momento não disse a que veio e apresenta uma atuação fraca e de poucas soluções até então para os problemas que massacram o povo de Simões Filho. Alem da falta de medicamentos, a população, sofre tentando conseguir pegar as poucas senhas distribuídas para atendimentos, e ainda há uma imensa dificuldade na marcação de exames.

Muitos pacientes não estão conseguindo continuar o tratamento para controlar as mais variadas doenças. Entre os casos mais graves, a falta de medicamentos como insulina – castiga os diabéticos – que estão morrendo um pouco a cada dia. Os problemas podem ser desde sequelas graves e irreversíveis até o óbito.

A Estudante de Administração Jucimara Damasceno afirma que sua avó de 67 anos, que é diabética, continua sem pegar a insulina e fita usada para medir a glicemia. Há seis meses, a idosa está peregrinando nos postos de saúde do município. “Minha avó foi buscar e eles disseram que ainda não chegou nem a fita nem a insulina e que não tem previsão. A Secretaria de Saúde está desde de janeiro enrolando os pacientes”, comenta Jucimara.

O custo dos medicamentos é alto e quase sempre os pacientes não podem podem arcar com os valores. “O caso da minha avó é bem grave, ela não pode descuidar nenhum momento”, disse.

A população precisa de uma solução urgentemente que transforme a saúde em pelo menos 30 por cento da saúde da propaganda da prefeitura de Simões Filho.

A reportagem do Simões Filho Online, parceiro do Aratu Online, entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura, mas até o fechamento desta reportagem, não houve retorno para explicar o que está acontecendo.

Envie fotos, vídeos, notícias e flagrantes para a nossa redação: (71) 98652-3364.

Acompanhe o noticiário de de Simões Filho, vagas de empregos, concursos e capacitação também pelo https://www.facebook.com/simoesfilhoonline/

Source

Related posts

Leave a Comment