You are here

Etiene, Chierighini e Gabriel Silva avançam às semifinais de provas do Mundial

Três brasileiros avançaram nesta quarta-feira às semifinais da natação no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Budapeste. No quarto dia de competições, Etiene Medeiros passou de fase nos 50 metros costas, assim como Marcelo Chierighini e Gabriel Silva nos 100m livre, que já foram ao pódio na Hungria, na prova do revezamento 4×100 metros livre.

Medalhista de prata nos 50m costas no Mundial de 2015, Etiene Medeiros estreou nesta quarta-feira no Mundial e avançou às semifinais com o segundo melhor tempo, de 27s65, mesma marca registrada pela bielo-russa Aliaksandra Herasimenia. Assim, a brasileira só ficou atrás da chinesa Yuanhui Fu, que cravou 27s21.

“Gostei. Estava bem nervosa, ansiosa pra nadar porque eu geralmente nado a primeira etapa e estou nadando só a quarta. Então fiquei neste início de competição com uma mistura de sentimentos, mas gostei de estar entre as primeiras, apesar de que é ainda a eliminatória e as meninas já tinham caído na água nos 100m costas e em outras provas, mas foi muito bom”, disse.

Nos 100m livre, Chierighini foi o melhor brasileiro ao avançar com a marca de 48s46, em quinto lugar, empatado com o norte-americano Nathan Adrian e o britânico Duncan Scott. Já Gabriel fez 48s64 e avançou na 12ª posição. O australiano Cameron McEvoy foi o mais rápido das eliminatórias, com 47s97, seguido do francês Mehdy Metella (48s18) e do norte-americano Remel Dressel (48s26).

“Antes de começara prova eu estava pensando no que eu ia fazer. Três etapas, passo a passo. Saí muito fundo, fiquei muito embaixo d’água e tentando ir para superfície rápido. Perdi muito tempo e muita energia. Já fiquei atrás e me desconcentrei, mas passou. A tarde vai ser outra prova. Não interessa se o cara bate o recorde mundial na eliminatória ou na semifinal. O que importa é a final, é subir no pódio. Não fico olhando o tempo. Olho as etapas. Passei pra próxima. Objetivo cumprido”, disse Chierighini.

Joanna Maranhão competiu nos 200 metros medley e fez o tempo de 2min09s77, o 19º nas eliminatórias, ficando fora das semifinais. A posição foi a mesma de Thiago Simon na versão masculina da prova, com a marca 2min01s01.

Também nesta quarta-feira, a equipe mista do revezamento 4×100 metros medley dos Estados Unidos registrou um novo recorde mundial já nas eliminatórias. A equipe formada por Ryan Murphy, Kevin Cordes, Kelsi Worrell e Mallory Comerford cravou o tempo de 3min40s28, batendo a marca de 3min41s71 do time britânico no Mundial de 2015.

As provas da natação no Mundial prosseguem nesta quarta-feira, a partir das 12h30 (horário de Brasília). Além das semifinais de Etiene nos 50m costas e de Chierighini e Gabriel Silva nos 100m livre, o Brasil buscará medalhas na final dos 50m peito, com Felipe Lima e João Gomes Júnior.


Source

Related posts

Leave a Comment