You are here

Em pleno verão, Serra catarinense registra geada nesta terça-feira

Em pleno verão, Serra catarinense registra geada nesta terça-feira Mycchel Hudsonn Legnaghi/São Joaquim Online

Geada no começo da manhã desta terça-feira em São Joaquim, na Serra Catarinense

Foto:
Mycchel Hudsonn Legnaghi / São Joaquim Online

Mesmo com temperaturas acima dos 30ºC nos últimos dias em Santa Catarina, a geada deu as caras no Estado no começo da manhã desta terça-feira. O fenômeno foi registrado na Serra Catarinense, em cidades como São Joaquim e Urupema. Pelos dados das estações do Ciram, Urupema teve a mínima de 1,4ºC durante a manhã. No Morro da Igreja, em Urubici, a temperatura mais baixa foi de 4,2ºC.

Segundo Bianca Souza, técnica em meteorologia da NSC Comunicação, uma massa de ar seco está sobre o oceano, mas acabou mexendo um pouco com o tempo em Santa Catarina na última noite. Deixou o céu mais limpo e isso fez as temperaturas diminuírem bastante entre a madrugada e o amanhecer.

— É difícil de a geada se formar no verão, mas não chega a ser raro. Com o ar seco, céu limpo e temperatura mais baixa a geada acaba se formando, especialmente nas baixadas. Essa foi uma geada de intensidade bem fraca e não trouxe prejuízos à agricultura — explicou a técnica.

Os 1,4°C de Urupema representam a menor temperatura registrada até agora em 2018. Além disso, segundo Bianca, desde 13 novembro não tínhamos uma temperatura tão baixa assim no termômetro da cidade. Esta foi a segunda vez no ano em que o fenômeno apareceu no Estado em 2018. A primeira ocorreu no início de janeiro, mas intensidade muito baixa.

O cidade de São Joaquim, no alto da Serra Catarinense obteve mais um registro não peculiar para esta época do ano, pois houve um belo registro de leve geada nas baixadas, principalmente no Vale do Cruzeiro, Postinho-Frigozan e no Vale do Caminhos da Neve há cerca de 3km do centro da cidade.Em São Joaquim a mínima ficou na casa dos 4.7ºC no Pericó (Estação Fernando Keiser) em Urubici a localidade de Vacas Gordas assinalou 3.8ºC, já em Bom Jardim da Serra a mínima registrada foi de 4,2ºC no Morro da Igreja, mas a menor temperatura do Brasil neste amanhecer gélido de Janeiro de 2018 foi registrado em Urupema com 1.4ºC na estação da Epagri, sendo o novo recorde da estação para o mês de janeiro de temperatura mínima, o último recorde ficou na marca de 2.1ºC também em janeiro de 2013.De acordo com o Climaterra, essa foi a segunda geada do mês de janeiro de 2018, já que no dia 04 houve o registro de temperatura negativa na relva no Vale do Cruzeiro, além disso essa é a 7ª geada da temporada de verão 2017/2018 nos campos de cima da Serra. Só em 2008/2009 teve mais (13 dias e em todos os meses do verão, dezembro a março). Porém os modelos informam que vem mais frio pela frente e esse recorde de geadas no verão poderá ser batido agora em 2018.

Geada em São JoaquimFoto: Mycchel Hudsonn Legnaghi / São Joaquim Online

Leia as últimas notícias do DC

Source

Related posts