You are here

Em nome da mãe: Mateus Vital chega ao Corinthians e emociona pai em coletiva | corinthians

Com apenas 19 anos, o meia Mateus Vital vestiu a camisa do Corinthians de forma oficial nesta quinta-feira, em apresentação para a imprensa, no CT Joaquim Grava. Acompanhado do pai, Jorge Assumpção, falou sobre o drama vivido quando ainda era uma criança.

Para seguir no futebol, Vital contou com o suporte da família e com o apoio do Vasco da Gama, que desde cedo ajudou o jogador a conviver com a perda de Viviane Vital.

– Pensei em parar, mas meu pai e minhas irmãs me ajudaram. E o Vasco esteve do meu lado a todo momento, colocou uma psicóloga quase 24 horas comigo. Claro que chegar aqui passa um filme forte na cabeça, foi o momento mais difícil da minha vida. Quero pensar em jogar futebol.

A tragédia ocorreu em 2007, no retorno para casa após um treino do futsal do garoto. Ele foi resultado de uma tentativa de assalto na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O jogador estava no carro e presenciou a cena junto do pai, Jorge Assumpção. Hoje, o pai acompanhou a apresentação da primeira fileira da sala de coletivas do Corinthians. Emocionado, colocou os óculos escuros enquanto o filho respondia sobre a mãe.

– Não tenho nem o que falar desse cara fenomenal, herói, que supriu minhas necessidades com minhas irmãs. Só tenho que agradecer. Tenho certeza que minha mãe está orgulhosa – disse.

Chamado de Mateus Pet na base do Vasco, ele deixou de lado o apelido que fazia a comparação com o sérvio Petkovic e passou a usar o sobrenome da mãe, numa decisão tomada com a família.

– Como subi para o profissional com esse nome, o pessoal estava comparando muito. Tomei a decisão com a família, até para homenagear minha mãe, ficou melhor. Sou o Mateus, o Pet é o Pet.

Source

Related posts