You are here

Dois mil trabalhadores ainda não sacaram abono salarial 2015 no Acre, aponta Ministério do Trabalho | AC / Acre

Benefício não acumula e prazo para saque do benefício encerra no dia 30 de junho. Pessoa deve ter trabalhado ao menos 30 dias com carteira assinada no ano-base 2015.

Mais de 1 milhão de trabalhadores ainda não sacaram o abono salaria de 2015

Mais de 1 milhão de trabalhadores ainda não sacaram o abono salaria de 2015

O prazo para o saque do abono salarial de 2015 termina no dia 30 de junho, mas no Acre dois mil trabalhadores ainda não sacaram o benefício. Os dados foram divulgados pelo superintendente substituto do Ministério do Trabalho no Acre, Sender Sil Melo, durante entrevista ao jornal Acre TV, desta segunda-feira (5).

Em todo o Brasil, segundo o Ministério, mais de 1,8 milhão ainda não realizaram o saque e podem perder o benefício, que não acumula.

Tem direito ao benefício quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano-base 2015 e teve remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador deve estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos e a empresa onde ele trabalha deve ter informado seus dados corretamente na Relação Anual de Informação Social (RAIS).

“O valor do abono é proporcional ao tempo de trabalho. Por exemplo, se você trabalhou dois meses você vai ter direito a receber o valor por esse período de acordo com o salário mínimo, algo em torno de R$ 148 a R$ 150”, diz Melo.

Trabalhadores que possuem o benefício devem fazer saques até 30 de junho. Direito ao abono salarial pode ser consultado no site do Ministério do Trabalho (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)Trabalhadores que possuem o benefício devem fazer saques até 30 de junho. Direito ao abono salarial pode ser consultado no site do Ministério do Trabalho (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

Trabalhadores que possuem o benefício devem fazer saques até 30 de junho. Direito ao abono salarial pode ser consultado no site do Ministério do Trabalho (Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

Os trabalhadores podem consultar se possuem o direito ao benefício no site do Ministério do Trabalho informando o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), PIS/PASEP e a data de nascimento. Também é possível obter informações através do telefone 158 ou ir até uma agência da Caixa Econômica Federal.

“Aconselho as pessoas a consultarem na internet ou ligar pois é bem mais fácil que ir até uma agência”, finaliza.

Source

Related posts

Leave a Comment