You are here

De volta à Seleção, Cássio lidera estatística curiosa no Brasileirão | corinthians

Recém-convocado para a seleção brasileira, a primeira vez pelo técnico Tite, Cássio teve evolução em vários aspectos do jogo no Corinthians de 2016 para 2017.

Mais bem preparado fisicamente desde a pré-temporada, o goleiro vem acumulando marcas e sendo decisivo debaixo das traves:

Mas não é só com defesas que o goleiro tem chamado a atenção. Segundo o Footstats, Cássio é o goleiro com o maior número de lançamentos certos na competição nacional: 143. Em média, ele acerta 7,52 reposições de bola para os companheiros por jogo. O segundo é Jandrei, da Chapecoense, com 137 – vale lembrar que os dois times têm um jogo a menos.

– A repetição diária nos treinos e a concentração na batida na bola fazem a diferença na hora do jogo. Com uma batida perfeita e um lançamento correto, podemos criar contra-ataques que podem ser revertidos em gols – disse o preparador de goleiros Mauri Lima.

Um gol da temporada pode ser usado de exemplo: na vitória por 2 a 0 contra o Patriotas, da Colômbia, pela Sul-Americana, um chute de Cássio em direção a Jô chegou aos pés de Pedrinho, que bateu na saída do goleiro – veja o vídeo abaixo:

Quando tem a bola, Cássio costuma ter três opções:

Apesar da evolução do goleiro, não há perfeição. Dono do maior índice de acertos, Cássio é também o sétimo jogador que mais erra lançamentos, com 181, o que dá uma média de 9,52 por jogo. O corintiano aparece à frente de Fernando Miguel, do Vitória, Felipe Garcia, do Atlético-GO, Jandrei, da Chapecoense, Aranha, da Ponte Preta, Julio Cesar, do Fluminense, e Wilson, do Coritiba.

A explicação pode estar no estilo de jogo: geralmente com menos posse de bola, o Corinthians tem um sistema defensivo fechado e organizado, o que obriga adversários a optarem por finalizações de fora da área. Com muitos tiros de meta a bater, os erros acabam sendo também frequentes.

– Quanto mais bater na bola no jogo, maior a possibilidade de errar. Existem vários motivos para um erro. As pernas pesadas podem influenciar (em fim de jogo). A bola sai do raio de ação do atleta procurado ou o jogador pode não disputá-la, facilitando a tirada do adversário – analisou Mauri.

Sem jogos no meio de semana, o Corinthians volta a campo no sábado, contra o Vitória, às 19h (de Brasília), na Arena de Itaquera.

Source

Related posts

Leave a Comment