You are here

Cruzeiro investe mais de R$ 20 milhões no mercado e projeta demora em casos Fifa | cruzeiro

O Cruzeiro tem chamado a atenção no mercado por dois fatores. Vive um momento financeiro difícil, mas é um dos clubes que mais contrata. Já são sete atletas anunciados – Edilson, Egídio, Marcelo Hermes, Bruno Silva, Mancuello, David e Fred. Os gastos foram possíveis graças a um empréstimo bancário e também com a ajuda de investidores em contratações, além de envolver alguns ativos do clube nas negociações.

Nova diretoria do Cruzeiro vem investindo no mercado e contratando jogadores  (Foto: Reprodução/ TV Globo Minas)Nova diretoria do Cruzeiro vem investindo no mercado e contratando jogadores  (Foto: Reprodução/ TV Globo Minas)

Nova diretoria do Cruzeiro vem investindo no mercado e contratando jogadores (Foto: Reprodução/ TV Globo Minas)

Ao todo, segundo levantamento feito pelo GloboEsporte.com, a Raposa gastou um pouco mais de R$ 20 milhões. Com David, foram R$ 10 milhões para ter 70% dos direitos econômicos do atleta, que assinou por cinco anos. Entretanto, o dinheiro veio de um investidor. Com Mancuello, o clube acordou com o Flamengo o pagamento de R$ 5,8 milhões por 60% do atleta, que assinou por três anos. Um investidor também ajudou na contratação.

No caso de Bruno Silva, também houve ajuda de um chamado parceiro. Foram R$ 5 milhões gastos para contratar o volante de 31 anos por três anos. Na negociação por Edilson, o clube usou dois ativos: cedeu 30% dos direitos econômicos de Alisson e emprestou o meia Thonny Anderson por um ano. Marcelo Hermes veio por empréstimo de uma temporada, enquanto Egídio ficou livre no mercado, após não renovar com o Palmeiras. Fred também ficou livre no mercado, mas pode ser que o Cruzeiro tenha que pagar uma multa de R$ 10 milhões ao Atlético-MG, que estipulou o valor caso o atacante acertasse com a Raposa. O clube ainda estuda o documento para oficializar sua posição.

Também foi com dinheiro de uma instituição bancária que o Cruzeiro conseguiu um aporte de R$ 50 milhões, segundo foi informado ao GloboEsporte.com há cinco dias por uma pessoa da diretoria, sob condição de sigilo. O valor foi usado para pagar os salários atrasados de novembro, dezembro, 13º e férias da comissão técnica e jogadores.

O empréstimo bancário, segundo a diretoria, será pago em até seis meses. Itair Machado, em entrevista coletiva, explicou novamente como foram feitas a operação e garantiu que o clube não fez nada de ilegal.

Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro (Foto: Gabriel Duarte)Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro (Foto: Gabriel Duarte)

Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro (Foto: Gabriel Duarte)

– A gente contratou porque trabalhamos com inteligência. Uma coisa boa que aconteceu foi que a gente procurou os atletas, e os atletas optaram por vir para o Cruzeiro. Quando tem esse duplo sentido, tudo facilita. O Cruzeiro fez uma transação bancária, como faz com todos os bancos. Banco nunca pode ser dono de jogador, nem quando era a lei antiga. Não estamos preocupados se CBF, Fifa vai vir aqui investigar, porque não tem nada de errado. Umas pessoas estão incomodadas com o nosso trabalho.

Itair Machado acredita que o Cruzeiro irá conseguir pagar essa dívida feita rapidamente com títulos e também aumento de receitas.

– Nossa marca é uma marca papa título. Nós não precisamos fazer muito esforço para ganhar título. Trabalho da nossa diretoria foi agregar, e você só agrega tendo dinheiro. Nós fizemos essa engenharia financeira, com juros baixos, e a gente vai pagar isso em seis meses.

O Cruzeiro ainda precisa resolver as pendências que tem na Fifa. Ao todo, o valor das dívidas chega aos R$ 50 milhões. O caso mais grave, segundo Itair, é de Latorre. Pelo atacante, o Club Atlético Atenas, da segunda divisão uruguaia e que vendeu o atacante ao Cruzeiro, pede na Fifa US$ 3,7 milhões (R$ 12 milhões aproximadamente na cotação atual). Neste valor, US$ 3,4 milhões são da negociação, enquanto o restante é referente a juros e encargos.

Situação de Gonzalo Latorre ainda precisa ser resolvida (Foto: Gabriel Duarte)Situação de Gonzalo Latorre ainda precisa ser resolvida (Foto: Gabriel Duarte)

Situação de Gonzalo Latorre ainda precisa ser resolvida (Foto: Gabriel Duarte)

– A gente já está negociando com os clubes. A gente vai fazer uma parcelamento. O mais urgente agora é o Latorre. Semana que vem já temos uma reunião. O restante ainda tem dois a três anos de processo de andamento. Mas nós vamos antecipar isso, vamos procurar os clubes. Como quitamos as dívidas com os jogadores, a ideia do nosso presidente é também quitar as dividas com todos os credores. Não adianta vir plantar crise aqui no clube.

Sócio do futebol Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)Sócio do futebol Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Sócio do futebol Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Source

Related posts