You are here

Cristian Cravinhos, cúmplice de Suzane Richthofen, deixa a prisão – Nacional

[{‘id_foto’: 1144370, ‘arquivo_grande’: ”, ‘credito’: ‘AGLIBERTO LIMA/AE ‘, ‘link’: ”, ‘legenda’: ‘Cristian ganhou a liberdade, enquanto que Daniel e Suzane jxe1 protocolaram pedidos para tambxe9m saxedrem do regime semiaberto e irem para casa’, ‘arquivo’: ‘ns62/app/noticia_127983242361/2017/08/23/894505/20170823191127987528o.JPEG’, ‘alinhamento’: ‘center’, ‘descricao’: ”}]

AGLIBERTO LIMA/AE

Condenado pela morte dos pais de Suzane Richthofen, Cristian Cravinhos, de 41 anos, deixou a prisão na tarde desta quarta-feira. Ele estava detido na Penitenciária 2 de Tremembé (SP), mas foi beneficiado por uma decisão da Vara de Execuções Criminais de Taubaté (SP), que o autorizou a cumprir o restante da pena em regime aberto.

Cravinhos deixou a penitenciária em um carro preto sem falar com ninguém. Advogados não quiseram informar para onde ele foi levado. Cristian é irmão de Daniel, que era namorado de Suzane e que também foi preso pelo assassinato dos pais dela.

Segundo a denúncia, os três teriam planejado e assassinado Manfred e Marísia, em São Paulo, em 2002 para ficar com o dinheiro do casal. Naquele mesmo ano eles foram presos e o julgamento aconteceu em 2006, quando Cristian pegou 38 anos de prisão. O irmão e Suzane foram condenados a 39 anos.

Agora, 15 anos depois, ele ganhou a liberdade, enquanto que Daniel e Suzane já protocolaram pedidos para também saírem do regime semiaberto e irem para casa. Por enquanto, porém, somente Cristian obteve o alvará de progressão para o regime aberto.

(Rene Moreira, especial para O Estado)

Source

Related posts

Leave a Comment